BRASIL CHAPADA DOS VEADEIROS GOIÁS

Chapada dos Veadeiros: como chegar, quando ir, o que fazer e + dicas

*foto de capa: divulgação

A Chapada dos Veadeiros era um destino dos meus sonhos no Brasil. Visitar a primeira vez só me fez ter vontade de voltar mais umas cinco. Que delícia, que vibe, que lindo! Vim dar todos os detalhes que fiquei devendo pra você também organizar a sua viagem correndo.

ONDE FICA A CHAPADA DOS VEADEIROS

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros fica no estado de Goiás, mas o aeroporto mais próximo é o de Brasilia. É um dos destinos mais lindos e procurados do Brasil e com esse boom do turismo, está cada vez mais acessível e estruturado, mas ainda consegue manter as raízes. É um destino pra quem gosta de estar em contato com a natureza e recebe bem tanto casais, com ou sem crianças, quanto viajantes independentes ou grupos de amigos.

chapada dos veadeiros onde fica

COMO IR PRA CHAPADA DOS VEADEIROS

O aeroporto de Brasília recebe voos do Brasil todo é o mais próximo da Chapada. O ideal é alugar um carro e seguir pela GO-118 até uma das cidades base, Alto Paraíso, São Jorge ou Cavalcante. A estrada é ótima, toda asfaltada e muito bem cuidada. Nós fizemos mais ou menos 2 horas e meia do aeroporto até Alto Paraíso. As distâncias são essas:

como chegar chapada dos veadeiros

Brasília – Alto Paraíso: 220 km
Alto Paraíso – São Jorge: 32 km
Alto Paraíso – Cavalcante: 110 km

ALUGUEL DE CARRO: Sem dúvidas, a melhor maneira de explorar a região é de carro. Se puder investir uma graninha, escolha um 4×4 pra enfrentar a terra com mais tranquilidade, sobretudo se for época chuvosa. Nós fomos na seca, alugamos um  carro popular mesmo e até que foi tranquilo. Pra alugar, sempre uso o site da RentalCars, que compara o preço em todas as locadoras e facilita muito a vida de quem está pesquisando. Clique aqui pra fazer sua cotação e alugar.

Vi relatos de gente que foi sem carro, mas eu nem consigo visualizar essa hipótese, juro!

aluguel de carro chapada dos veadeiros

Não deixe de seguir o Instagram @stheontheroad para ver todas as fotos da
minha viagem à Nova York 
ou  procurar pela Tag #sthenaChapadadosVeadeiros

QUANDO IR PRA CHAPADA DOS VEADEIROS

Há duas temporadas distintas: de abril a setembro é seca e de outubro a março o período de chuvas. As atrações variam de uma época pra outra. Tem cachoeira que só é legal visitar na seca e outras só na época das cheias, por conta do volume d’água. A gente foi em junho, na seca, e fez coisas bem legais. Qualquer período tem coisas lindas a se fazer, não se preocupe, mas nas chuvas é preciso redobrar o cuidado com tromba d’água!

O QUE LEVAR PRA CHAPADA DOS VEADEIROS

TÊNIS – Nada de tênis bonitinho tipo all star, viu?  É tênis de academia ou de trilha, se você tiver. Praticamente todas as cachoeiras tem uma caminhada no mato, curta ou longa.

ROUPAS CONFORTÁVEIS – O máximo possível! Roupas leves, que não apertem depois de um tempo usando. Biquínis, por exemplo, não escolhi nenhum que tivesse cordinha apertando ou possível de desamarrar. Gosto de maiô ou top maiorzinho para cachoeiras. Vale muito levar uma toalha ou canga pra se enxugar depois do mergulho porque a água é bem fria.

MOCHILA – Item essencial, de preferência com alças confortáveis! É onde você vai carregar seu kit de sobrevivência do dia: protetor solar + repelente + toalha + óculos de sol + água.

CÂMERA FOTOGRÁFICA – A Chapada é tão linda que você certamente vai querer levar registros pra casa, seja no celular ou na sua câmera preferida. A gente levou a GoPro, o celular (que não tem rede lá) e uma câmera maior (que incomoda bastante carregar).

DINHEIRO EM ESPÉCIE – a maioria dos lugares não aceita cartão, mas há algumas agências bancárias (eu não contaria com isso).alto paraíso

CURIOSIDADE: Alto Paraíso é famosa entre os esotéricos! A cidade está bem na linha do paralelo 14 (o mesmo que passa por Machu Picchu, outro santuário místico), por isso, muitos moradores juram de pés juntos que a presença de discos voadores e seres extraterrestres por ali é constante.

ONDE FICAR NA CHAPADA DOS VEADEIROS

Você pode ficar em Alto Paraíso, São Jorge ou Cavalcante. Leia AQUI pra entender como escolher a sua cidade com dicas de pousada selecionadas.

ONDE COMER NA CHAPADA DOS VEADEIROS

Os restaurantes que eu gostei para jantar foram o Santo Cerrado Risoteria e Jambalaya. Para tomar uma cerveja artesanal num lugar animadinho, sugiro o Vendinha 1961. Para experimentar a comida local eu super recomendo o Rancho do Waldomiro e o Restaurante da Dona Eleusa. Esse assunto merecia mais detalhes, então escrevi os restaurantes mais legais da viagem detalhadinhos em outro post. Clique AQUI pra conferir.

onde comer na chapada dos veadeiros

O QUE FAZER NA CHAPADA DOS VEADEIROS

Não tenha a ideia de que dá pra fazer tudo de vez, nem escolha atrações pesadas pra todos os dias, senão não vai relaxar em momento nenhum e não é essa a intenção. A Chapada dos Veadeiros é recheada de coisas para fazer, entre a maioria, trilhas e cachoeiras. São mais de 300 cachoeiras, então fica difícil visitar todas e escolher as melhores, fora que o meu preferido pode não ser o seu. Eu separei as atrações mais populares de cada lugar e depois conto quais foram as minhas escolhas:

Mais perto de São Jorge:

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, que tem 4 trilhas: Travessia das Sete Quedas, Trilha dos Saltos, Trilha dos Cânions e Trilha da Seriema: gratuitas
Vale da Lua: super fácil e rápido R$ 20 de entrada
Mirante da Janela e do Abismo: R$10
Cachoeira do Segredo: R$35

vale da lua chapada dos veadeiros

Mais perto de Alto Paraíso:

Cachoeira Loquinhas: muito fácil – entrada R$ 25
Cachoeira São Bento, Almécegas I e II: fácil e todas na mesma propriedade – entrada R$ 30
Catarata dos Couros: nível médio – guia não é obrigatório, mas recomendado – gratuita
Cachoeira Macaquinhos: gratuita
Jardim de Maytréia: gratuito
Cachoeira Poço Encantado: R$ 20 por pessoa
Cachoeira dos Cristais: fácil acesso – R$20 de entrada
Passeio de Balão: R$ 590 por pessoa

almécegas chapada dos veadeiros

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO
↓↓↓↓
HOTEL PELO MELHOR PREÇO
MENOR PREÇO EM SEGURO VIAGEM
CHIP INTERNACIONAL ENTREGUE EM CASA

catarata dos couros

Mais perto de Cavalcante:

Cachoeira Santa Bárbara: entrada R$ 20 + R$ 70 a 100 de guia obrigatório
Cachoeira Capirava: gratuita + guia (incluído do que foi pago pra Santa Bárbara)
Cachoeira Rio da Prata: R$ 150 com guia obrigatório
Ponte de Pedra: R$15 de entrada + guia R$ 150.00 para grupo de até 06 pessoas

COMO ESCOLHER AS ATRAÇÕES?

Aí que o bicho pega… acho que ninguém passa tempo suficiente pra fazer tudo que gostaria. Eu fui com a ideia de fazer um monte de coisa que na hora achei inviáveis (tipo a cachoeira Santa Bárbara). Vá com o coração aberto, analise a distância entre a cidade que você escolheu como base e as atrações e faça o que achar melhor na hora. Melhor conselho!

 

MEU ROTEIRO

DIA 1:  VIAGEM DE BRASÍLIA A ALTO PARAÍSO

Voo atrasou, perdemos o dia e chegamos em Alto Paraíso só a noite. Depois da entrar na pousada, só fomos jantar no delicioso Santo Cerrado, que fica em São Jorge.

DIA 2:  CATARATA DOS COUROS

Acordamos cedo e decidimos conhecer a Catarata dos Couros. Apesar de mil recomendações contrárias, fomos sem guia. É que nos fizemos uma viagem em casal e tudo que a gente queria era ter espaço. Não seria legal ter alguém junto o dia todo, sabe?

cachoeira dos couros cachoeira dos couros chapada dos veadeiros
De Alto Paraíso até as Cataratas dos Couros são 18 km de asfalto, no sentido Brasília, mais 35 km de estrada de terra. A gente baixou os mapas off line e arriscou. A estrada estava ótima e a parte asfaltada é bem sinalizada, com placa indicando onde entrar. A partir daí complica um pouco. O mapa nos levou até bem próximo, mas não exatamente na entrada da Cachoeira, então procuramos algum lugar onde pudéssemos pedir informação. É triste dizer, mas soube que as placas de sinalização são retiradas pelos guias pra forçar a contratação dos guias locais. Também não existe boa vontade para indicar o caminho.

Nos perdemos algumas vezes, mas conseguimos chegar à entrada da trilha. A partir daí não há qualquer dificuldade, pois o caminho a pé é todo marcadinho. Se você não se sentir seguro, contrate o guia, que custa R$150 para até 4 pessoas.

Bem no estacionamento, antes de iniciar a trilha, fazem reserva para almoço caseiro. Assim, quando terminar a trilha tem um ranguinho te esperando antes de encarar a estrada de volta pra cidade, que é longa. Foi o que fizemos e foi a melhor coisa, porque 15h já estávamos famintos. Almoçamos no Rancho da dona Eleusa e, sério, sensacional a comida!

Couros foi a minha cachoeira preferida na Chapada dos Veadeiros, tanto pelo lugar quanto pela galinha da Dona Eleusa :p. É um passeio pra um dia inteiro, tem muito espaço, muita água para mergulhar e vários mirantes de observação.

A noite fomos jantar no maravilhoso Jambalaya.

DIA 3: VOO DE BALÃO + LOQUINHAS + ALMÉCEGAS E SÃO BENTO

Esse dia dormimos pouco, pois o passeio de balão sai super cedo para acompanhar o amanhecer. Foi uma experiência única e indescritível. Leia o tudo sobre o passeio AQUI.

balão chapada dos veadeiros
Por volta de 9h estávamos de volta na pousada, tomamos café e decidimos conhecer a cachoeira Loquinhas. Ela tem fácil acesso e é praticamente dentro da cidade. Na verdade, é uma sequência de poços d’água e o mais lindo é o Xamã. Passamos um tempinho lá, fomos almoçar e deu tempo de conhecer a Almécegas, que também fica pertinho. Fim do dia um happy hour no Vendinha 1961. A comida não foi das melhores não, mas era o lugar mais animado da cidade com uma musiquinha ao vivo.

loquinhas chapada dos veadeiros

DIA 4: VALE DA LUA + RETORNO À BRASÍLIA

Não dava pra ir embora sem conhecer o famoso Vale da Lua. Confesso que eu esperava mais, apesar de ter achado super lindo, pensei que fosse maior. Daí almoçamos no Rancho do Waldomiro, que fica no caminho de volta e seguimos pra Brasília pra voltar pro Rio.

vale da lua chapada dos veadeiros

*Eu super queria conhecer Santa Bárbara, a mais famosa, a toda como mais lindona. Acontece que eu fui num feriado e ia encontrar a Cachoeira lo-ta-da, depois de pegar horas de estrada. Decidi que não era o que eu queria e deixei o nosso encontro em aberto, porque quero que seja mágico.

Se vou precisar voltar? Com certeza, e quero muito!

Meu roteiro pra essa segunda viagem dos sonhos seria:

Dia 1: Ir direto pra Cavalcante e dormir lá
Dia 2: Santa Bárbara e Capirava + mudar base pra Alto Paraíso/São Jorge
Dia 3: alguma trilha dentro do Parque Nacional
Dia 4: Mirante da Janela e do Abismo

CHAPADA DOS VEADEIROS DICAS EXTRAS

– Muitas atrações são obrigatórias de se fazer com guia. Procure o CAT (Centro de Atendimento ao Turista) para encontrar profissionais credenciados.
– Não pega celular na maioria das cachoeiras.
– Lembre recolher todo o seu lixo.
– A procura é grande em feriados, faça reserva de hotéis com antecedência.
– Permita-se sentir a energia do lugar.
– De Brasília até a Chapada, as rádios só tocam música sertaneja.
– Procure no Google as histórias de Alto Paraíso com os ETs. 🙂

Ainda tem dúvidas? É só deixar aqui nos comentários que te respondo jajá, tá?

MAIS CHAPADA DOS VEADEIROS:


imagens

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO
↓↓↓↓
HOTEL PELO MELHOR PREÇO
ALUGUE SEU CARRO
MENOR PREÇO EM SEGURO VIAGEM
CHIP INTERNACIONAL ENTREGUE EM CASA

Lembrando que se você fizer sua reserva através dos links parceiros do blog, você não é taxado por isso e nos incentiva a continuar publicando conteúdo gratuitamente.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply