AMAZONAS AVENTURA BRASIL FLORESTA AMAZÔNICA HOTÉIS

Juma Amazon Lodge: como é se hospedar num Hotel de Selva na Amazônia

hotel de selva manaus

A Amazônia há muito tempo habita a minha lista de viagem dos sonhos, e uma certeza eu tinha quando resolvi conhecer esse cantinho tão emblemático e pouco explorado do nosso país: não queria passar perrengue.

Foi aí que descobri a existência do Juma Amazon Lodge, um hotel de selva confortável e com proposta sustentável.

São oferecidos pacotes de uma a cinco noites no hotel, onde estão incluídos o transporte a partir de Manaus, as refeições e os passeios. Ficam de fora apenas as bebidas alcoólicas, vendidas a um preço super justo. Você só precisa fazer a sua mala e curtir cada momento. Exatamente o que eu queria!

juma amazon lodge

A VIAGEM ATÉ O HOTEL

Pouco mais de três horas ligam o seu hotel (ou aeroporto) em Manaus ao hotel de selva. Primeiro uma van até o porto, depois um barco até a Vila do Careiro, mais um pedaço terrestre e o último barco que percorre o Rio Maçarico até o Juma Amazon Lodge. Tudo numa logística muito bem organizada pelo hotel.

encontro dos rios manaus

De um lado o Rio Negro e do outro o Solimões. Mágico!

Impossível ficar entediado no caminho, já que cada um desses trechos apresenta uma novidade. O primeiro barco passa pelo Encontro das Águas na ida e pelo Flutuante do Pirarucu na volta. O maior trecho terrestre passa por vitória-régeas. O último trecho de barco já te faz sentir o contato com a floresta, passando por casas de ribeirinhos, igapós e igarapés. Meu olhos enxeram d’água a partir d’aqui.

Se dinheiro não for problema, você pode contratar um hidroavião e fazer o trajeto em apenas 30 minutos sobrevoando a floresta. Imagino que seja incrível!

hotel de selva amazônia

A EXPERIÊNCIA INESQUECÍVEL DO HOTEL DE SELVA

Foi começar a avistar os bangalôs para ter certeza que a escolha tinha sido certeira. Na recepção do hotel, sucos de cupuaçu dão as boas vindas, enquanto os funcionários dão breves explicações sobre a sustentabilidade e as peculiaridades do hotel de selva.

Cada hóspede recebe uma garrafinha para abastecer com água filtrada e levar para o quarto e passeios. Pequenos cuidados que fazem toda diferença.

Ao caminhar pelas passarelas construídas sobre palafitas você vai entendendo um pouco sobre a estrutura do hotel e a sustentabilidade. Tem sistema de tratamento de esgoto, reciclagem de lixo e a maior parte dos funcionários vêm da comunidade local.

hotel de selva na amazonia

NOSSO BANGALÔ COM VISTA PRO RIO

O bangalô que conheci é o com vista para o rio Juma, bem na copa das árvores e numa área exclusiva do hotel, que oferece total privacidade. No máximo você receberá a visita dos macaquinhos que por ali habitam (e vai adorar isso).

Impressionante como a estrutura é perfeitamente integrada à floresta. O quarto tem um tamanho ótimo e uma vista lindíssima. A limpeza estava impecável e ganhamos bombons de cupuaçu e pulseirinhas típicas de presente.

Destaque para a vedação bem feita nas paredes e telhado, que impede a entrada de insetos. Um alívio na hora de dormir.

A essa altura você deve estar se perguntando sobre mosquitos. Para felicidade geral, quase não tem, devido a acidez da água do Rio Juma, que impede a procriação.

juma lodge

O banheiro é de alvenaria e a energia solar garante o banho morninho que eu nem esperava.

As janelas do bangalô não têm vidro, apenas telas, proporcionando um quarto mais fresco, já que não tem ar condicionado, apenas ventilador. É bem verdade que o ar não faz falta.

Aliás, esse é um ponto importante. O conforto do hotel é o suficiente e está no limite de uma experiência genuína. Se fosse mais luxuoso meio que estragaria todo o conceito.

Duas áreas comuns são muito gostosinhas: a belíssima piscina de rio, cercada por uma grade para impedir a entrada de grandes animais, e o redário, que fica logo atrás da recepção.

hotel de selva amazônia quanto custa

A privacidade dos quartos acaba sendo equilibrada com a interação na hora das refeições e nos passeios. As mesas do restaurante são em grupo e as refeições servidas no estilo buffet self-service em tempos não muito longos. Café da manhã de 7 às 8h, almoço de 12 às 13h e jantar de 19 às 20h. Parece uma maneira de promover o contato entre os hóspedes. E funciona.

A comida é saborosa e com muitos pratos típicos amazonenses, mas sempre oferecendo opções convencionais, como massa e frango, para quem não é muito de experimentar comidas.

Não deixe de experimentar os peixes incríveis da região, como o pirarucu e o tambaqui. E se permita apaixonar pelas frutas e sucos, como o rambutã, araçá-boi e cupuaçu.

É do lado de fora do restaurante o lugar mais provável para dar de cara com os macaquinhos. Eles são fofos e gostam de interagir, mas a gente nunca deve esquecer que são animais selvagens e que nós é que estamos no habitat deles. Pode dar uma frutinha, mas não force muito a barra caso não estejam afim de papo.

OS PASSEIOS

Os passeios são o auge do contato com a natureza e o momento certo de absorver o conhecimento dividido pelos guias.

Vivenciamos a pescaria de piranhas, uma caminhada noturna e outra diurna na selva, canoagem e focagem de jacarés. Infelizmente o tempo chuvoso não nos permitiu admirar o nascer do sol, mas fomos compensados com um incrível churrasco na floresta. Todo mundo feliz!

juma amazon lodge

PESCARIA DE PIRANHAS

Mais divertido que imaginei. Saímos de barco do hotel e o guia fornece as varas de pesca e as iscas (pedaços de carne) para colocar no anzol. As piranhas são muito espertas e se não puxar a varinha muito rápido, elas comem a isca e vão embora. Foi o que mais aconteceu. Rs

juma amazon lodge hotel de selva

CANOAGEM

A ideia é entrar a remo pelos igarapés (riachos) e igapós (floresta inundada na cheia dos rios). É super bonito. Durante o percurso a gente ouve os barulhinhos misteriosos da floresta e, quem quiser, pode mergulhar no rio.

hotel de selva amazonia juma lodge

CAMINHADA NA FLORESTA

Durante as duas caminhadas na floresta (uma noturna e outra diurna), o guia dá breves explicações sobre a vida selvagem amazônica, mostra insetos e plantas que são comestíveis e medicinais. Legal mesmo foi poder encontrar várias árvores que já conhecíamos pelo nome como o breu branco (lembram dos perfumes da natura?),o pau rosa (um dos componentes do Chanel n°5), cânfora e muitos outros.

passeios manaus

A caminhada que fizemos pela manhã terminou com um almoço na selva. O hotel tem uma estrutura montada super bacana para este momento. Serviram Pirarucu, frango e linguiça na brasa acompanhados de arroz, farofa e molho.

FOCAGEM DE JACARÉ

Tudo escuro na floresta, o barco sai à procura dos jacarés, que ficam paralisados e com os olhos vermelhos por conta da luz das lanternas. O guia captura o bichano com as próprias mãos, sem perfurá-lo com nada, traz para o barco para mostrar. Quem quiser pode segurar (eu prefiro não arriscar). Depois o animal é devolvido ao rio, ileso.

jacaré amazonia luma amazon lodge

* Confira aqui quais passeios estão incluídos em cada pacote, de acordo com a quantidade de dias contratado.

QUANDO IR PARA O HOTEL DE SELVA

A Amazônia pode ser visitada o ano todo, mas existem duas estações muito distintas, a SECA, que vai de setembro a fevereiro e a CHEIA, que vai de março a agosto. Isso leva em consideração o nível dos rios e não o clima em si. São propostas diferentes e cada uma tem suas vantagens e desvantagens.

Nós fomos final de fevereiro. Estava um meio termo entre seca e cheia. Pegamos bastante chuva, mas conseguimos realizar todas as atividades.

LEIA TAMBÉM: O que levar na mala para Manaus e Amazônia?

hotel em manaus

O DIFERENCIAL DO JUMA AMAZON LODGE

O astral do hotel. Os funcionários foram simplesmente fantásticos e fizeram toda a diferença durante a nossa hospedagem. Todos muito simpáticos sem ser invasivos e sempre dispostos a nos atender.

Eu teria ficado mais uma noite, para ter tempo livre e curtir as dependências do hotel com calma, logo, acho o pacote de três noites o mais interessante.

Essa foi uma das melhores viagens que eu fiz na vida e foi difícil dizer adeus. Uma viagem obrigatória para todos os brasileiros amantes da natureza.

RESERVE AQUI: PACOTES DE 2 NOITES COM PENSÃO COMPLETA, TRANSFER E PASSEIOS A PARTIR DE R$ 2.694,00 POR PESSOA EM QUARTO DUPLO.

hotel na amazonia

Site: www.jumalodge.com.br
E-mail: reservas@jumalodge.com.br
Telefones: +55 (92) 3232-2707 e +55 (92) 99142-2708
Clique aqui para reservar a sua estadia.

*A autora se hospedou no Juma Amazon Lodge à convite do hotel, mas o conteúdo é livre. Só divulgamos o que testamos e confiamos aos leitores do Sthe On The Road.

+ AMAZONAS NO BLOG


imagens

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO
↓↓↓↓
HOTEL PELO MELHOR PREÇO
ALUGUE SEU CARRO
MENOR PREÇO EM SEGURO VIAGEM
CHIP INTERNACIONAL ENTREGUE EM CASA

Lembrando que se você fizer sua reserva através dos links parceiros do blog, você paga o mesmo valor e nos incentiva a continuar publicando conteúdo gratuitamente.

You Might Also Like

17 Comments

  • Reply
    Manuela
    março 6, 2018 at 6:11 pm

    Olha, passar perrengue em viagem também não é minha praia e ir para a Amazônia nunca tinha me animado. Entretanto, adorei seu relato! A estrutura do Juma parece ser ótima e me animou a fazer uma trip pra lá!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 6, 2018 at 6:24 pm

      Ei Manuela! A estrutura do Juma é realmente fantástica. Eu voltei apaixonada!

  • Reply
    Gabriela
    março 6, 2018 at 7:25 pm

    Fui para a Amazônia mas não tive essa experiência incrível de me hospedar na selva. Com certeza essa experiência faltou e planejo voltar em breve na época de seca. Adorei o seu relato e que coragem de quem segurou o jacaré hein?! Eu não sei se teria kkkk

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 6, 2018 at 9:03 pm

      HAhahaha Pessoal do hotel é bem treinado e instrui direitinho como fazer, mas eu tb n tive coragem de segurar não! Se hospedar no Juma é uma experiência imperdível que, por si só, vale a viagem!

  • Reply
    Luisa Galiza
    março 7, 2018 at 2:52 pm

    Nossa eu sou LOUCA pra conhecer esse hotel!! Preciso organizar minha ida…. leve na Viagem precisa conhecer esse paraíso que tem tudo a ver comigo! 🙂
    Feliz pela sua experiência e parabéns pelo relato!

  • Reply
    Antonio Castagnino
    março 11, 2018 at 11:16 pm

    Parabens Sthefania, blog muito inspirador, Amazônia tem muitos encantos a serem explorados e sem dúvida essa sua experiencia em apenas 2 noites deve ser a mais imersiva com a floresta. Vitinho merece um parabéns ta profissa no Drone.

  • Reply
    O que levar na mala para Manaus e Amazônia?
    março 14, 2018 at 2:41 pm

    […] Juma Amazon Lodge: como é se hospedar num Hotel de Selva na Amazônia Delícias da culinária Amazônica: onde comer em Manaus (e o que experimentar) Quando ir à Amazônia: melhor época para viajar para Manaus e região […]

  • Reply
    Livia Melo
    março 15, 2018 at 2:40 pm

    Estou apaixonada pela estrutura desse hotel! A parte de não ter mosquitos foi o que mais me cativou, hahaha. Quero demais ter essa experiência!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 15, 2018 at 6:37 pm

      Não ter mosquitos foi uma surpresa muito agradável! hahaha

  • Reply
    Anna Claudia Rodrigues
    março 15, 2018 at 6:26 pm

    Você definitivamente me inspirou a fazer essa viagem! Sobre ir em período de seca (que provavelmente será minha viagem), quais seriam as vantagens e desvantagens? Estou super ansiosa para que essa trip aconteça!

  • Reply
    Delícias da culinária Amazônica: onde comer em Manaus (e o que experimentar)
    março 16, 2018 at 3:25 pm

    […] Juma Amazon Lodge: como é se hospedar num Hotel de Selva na Amazônia […]

  • Reply
    Aninha Lima
    março 16, 2018 at 11:13 pm

    Gente, que hotel incrível! Uma experiência maravilhosa essa de dormir na selva! Amei!

    Eu ia mesmo perguntar quantos dias você achava melhor. Vou montar meu roteiro para Manaus e vou tirar uns dias para o Juma também!

  • Reply
    Renata Telles
    março 17, 2018 at 2:38 am

    Estive na Amazonia ano passado e foi uma experiencia incrivel!!!! Fiquei babandoooo nesse hotel porque dormir ai deve ser demais!!! E os pratos tipicos? meninaaaaa, fiquei louca com a comida la!!! vc resumiu bem os melhores passeios!! parabensssss pelo post!!!

  • Reply
    Lé Castro
    março 18, 2018 at 1:56 am

    Uau…. imagino a experiência incrível de ter ficado num hotel no meio da Amazônia… cada foto que vi, me sentia vivenciar a viagem.. que legal poder conhecer um pouco mais do nosso país pelas viagens de vcs. muito bom mesmoooo 🙂

  • Reply
    Carla Macedo
    março 19, 2018 at 2:09 am

    Que sensacional! Fomos para Manaus ano passado, mas acabamos não ficando hospedados em hotel de selva, situação que já foi pra lista dos ‘arrependimentos de 2017’, brincadeiras à parte, incrível o post, as fotos estão lindas e o post está mega completo.

  • Reply
    viajoamanha
    março 19, 2018 at 2:39 am

    que coisa linda esse hotel! fiquei babando aqui, e morrendo de vontade… pelo seu relato da pra perceber q é bem tranquilo se hospedar la, eu imaginei que seria mais trabalhoso, com alguns perrengues kkkk

  • Reply
    10 passeios em Manaus para curtir o melhor da Amazônia
    abril 17, 2018 at 1:32 am

    […] Lodge oferece uma estrutura espetacular e . Passamos duas noites por lá e recomendo demais. Leia AQUI sobre a experiência […]

  • Vamos trocar uma ideia? Comente!

    %d blogueiros gostam disto: