BARBADOS CARIBE

Viagem para Barbados: tire aqui suas dúvidas

O que eu preciso saber para organizar uma viagem para Barbados?

Onde fica? A ilha de Barbados meio que faz parte do Caribe, meio que não. O lado esquerdo da ilha é todo voltado para o mar do Caribe  (calminho e cristalino) e o lado direito é voltado para o oceano Atlântico (muitas ondas e um azul mais escuro). É importante saber disso na hora de escolher hotel.

Precisa passaporte? Sim, é necessário apresentar um passaporte válido na entrada do país, com validade mínima de seis meses.

Precisa visto? Brasileiros a passeio não precisam de visto para entrar em Barbados e permanecer até 90 dias.

Qual o idioma? Um inglês, digamos, diferentão. É que apesar de ter sido uma colônia britânica, eles falam com um sotaque próprio.

barbados

LEIA TAMBÉM:
motivos para escolher Barbados como seu destino no Caribe
As melhores praias de Barbados
Hotel em Barbados: Accra Beach

viagem-para-barbados

Como chegar: De Avianca, com dois voos semanais que fazem escala em Bogotá (4ª e sábado). A Gol cancelou o voo direto do Brasil para a Barbados, por questões de adequação de malha aérea.

Quando ir:  Barbados é um dos países do Caribe que tendem a não ser atingidos por furacões. Entre junho e novembro costuma chover mais (mas passa rápido). Fora dessa época conte com sol e muito calor o tempo todo.

O que fazer: Quem vai ao Caribe quer praia, certo? Selecionei as melhores praias de Barbados (clique para ler) segundo o meu ponto de vista. Há praias varias e em vários pontos diferentes da ilha para visitar ou ir direto naquela mais calminha pra ficar no estilo sombra e água fresca.

Mas nem só de praia vive a ilha, leia O que fazer em Barbados: atividades imperdíveis (dia e noite) para preencher o seu tempo.

Como circular: de carro! Nem que seja em parte da viagem, você vai precisar. Tem transporte público, mas o calor é grande e muitos atrativos distantes. Aluguei o meu com a Sixt. É mão inglesa, mas dá para aprender rápido. (Leia a minha experiência aqui)

Onde ficar: Há bastante opção de hospedagem. Tive a oportunidade de conhecer 4 hotéis com propostas totalmente distintas. O Accra, que foi o meu preferido e o que mais recomendo. O Santosha, que agradou muito, mas é mais afastado (leia aqui), o Radisson, que fica na melhor praia e  o South Gap, que foi de última hora e um achado! Este último fica no meio do burburinho e talvez não seja legal para famílias que estão em busca de sossego, recomendo para a galera mais animada.

 

→ VAI VIAJAR AO EXTERIOR? Fique conectado com a EASYSIM4U.
O chip te dá acesso ilimitado à internet no exterior e chega em sua casa no Brasil. Compre AQUI!

Nosso quarto no South Gap tinha essa vista incrível da foto!

Onde comer: Se tem uma coisa que não é barata em Barbados, é comer. Degustar pratos de barracas de rua é uma opção para se sentir como um bajan e gastar “pouco”. O que mais se vê é fish and chips e macarroni pie (uma torta de macarrão, nada demais). Não deixe de visitar o Oitins Fish Fry, um mercado bem turístico cheio de barraquinhas e música ao vivo. Preste atenção antes de ingerir a sua refeição, algumas podem ser bem apimentadas!!

Quanto à restaurantes, visitei o Castaways, que fica na região de St. Lawrence Gap e tem uma vista linda para o mar. Comida ótima e perfeito para emendar nos barzinhos e baladinhas. Também queria muito ter conhecido o Lobster Alive, famoso por ter uma das melhores lagostas da vida, mas ficou para a próxima.

restaurante-barbados

Curiosidade: Elogios! Onde passávamos os Bajans falavam repetidamente que éramos bonitas e acenavam para nós. Não interprete como assédio. É cultural e totalmente respeitoso.

Quanto custa:

Hotéis: diárias em hotéis 4 estrelas, em torno de 550 reais, diária para casal
Gasolina: $1,43 americanos, o litro
Comida de rua: em torno de $15 americanos
Jantar: normal em torno de $80 – chic em torno de $250 americanos, o casal
Passeio de Catamarã: $110 americanos
Cerveja: $5 americanos
Petisco na praia: $ 14 americanos

Essa viagem foi feita junto com minha parceira Thaís, do Guia Mundo Afora, e você pode ler todos os posts dela sobre Barbados também para ter outra opinião do lugar. 😉

*A autora viajou a Barbados com o apoio do Visite Barbados, mas a opinião aqui exposta é pessoal.


images

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM CONOSCO

RESERVE SEU HOTEL ||  ALUGUE SEU CARRO
SEGURO VIAGEM  || CHIP INTERNACIONAL

Lembrando que se você fizer sua reserva através dos links parceiros do blog, você paga o mesmo valor e nos incentiva a continuar publicando conteúdo gratuitamente.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply