AMÉRICAS BOGOTÁ COLÔMBIA

Colômbia: o que fazer em Bogotá em até 3 dias

Esqueça Bogotá que você viu em Narcos.  Hoje em dia é uma cidade segura e cosmopolita. Veja o que fazer em Bogotá!

Como San Andres e Cartagena capitaneam o turismo, muita gente deixa de conhecer o que a capital da Colômbia tem de melhor. Com uma história rica e um futuro bem promissor, Bogotá se destaca principalmente pela cena gastronômica e a vida noturna. À primeira vista dá até pra torcer mesmo o nariz, mas Bogotá é uma cidade bem mais incrível do que imaginamos!


# Dicas de Bogotá

Voos: Avianca oferece as melhores opções de voos diretos para Bogotá, mas a Tam e a Copa também operam nessa rota. Você pode sair do aeroporto de táxi oficial. Eu usei UBER na ida e o transporte do hotel na volta (25.ooo COPS +- R$ 33)

Vacinas: OBRIGATÓRIA para febre amarela.

Idioma: O idioma oficial da Colômbia é o espanhol, mas da pra se virar legal no “portunhol”.

Onde ficar: Zona Norte (Zona Rosa, Zona T ou Zona G) é a área mais legal da cidade. Fiquei num hotel cool com precinho maravilhoso (R$170 a diária), o B3 Virrey (reserve AQUI)

Câmbio e moeda: Cerca de 2.750 pesos para o dólar. Não acho que valha a pena levar real, mas a conversão é de 1 para 750. Cartões de crédito são amplamente aceitos em Bogotá, mas lembre-se que será cobrado IOF.

Seguro Viagem: Nunca viaje sem seguro de saúde internacional. Sempre faço o meu pela Seguros Promo. Clique aqui para fazer cotação e use o cupom STHEONTHEROAD5 para ganhar 5% de desconto

Clima: Meio que faz frio o ano todo, e quase sempre cai uma chuvinha. Eu fui no início de novembro e peguei temperatura amena e pouca chuva.

Tomada: tipo A e B (diferente do nosso, leve adaptador) ⇒


o que fazer em bogotá

O QUE FAZER EM BOGOTÁ

Dois dias são suficientes para explorar o melhor de Bogotá, você vai querer começar eliminando o turismo na região central e tentar embalar o máximo que puder em cada dia na Zona Rosa. Aqui estão algumas coisas imperdíveis que podem ser feitas rapidamente.

VISITE O MUSEU DO OURO

Uma das atrações mais visitadas da Colômbia, este museu abriga mais de 55 mil objetos de ouro dos dias pré-espanhóis da América do Sul. A visita é rapidinha e vale muito | COP 4.000

museu do ouro bogotá

EXPLORE MERCADOS ARTESANAIS

Existem grandes mercados em Bogotá e são os melhores lugares para obter lembranças da viagem (mesmo se você fo a Cartagena). Pelas mulheres, os objetos mais cobiçados são as bolsas Wayuu. Elas são artesanais e famosas em toda a região, mas mais baratas na capital perto da Plaza Bolivar. (Dica útil: as bolsas têm preços diferentes com base na qualidade do seu tecido, vão de 55 a 100 mil COPS)

bolsa wayuu bogota

Não deixe de seguir o Instagram @stheontheroad para ver todas as fotos das
minhas viagens 
ou  procurar pela Tag #sthenaColombia

PLAZA BOLIVAR

Rodeado por uma arquitetura deslumbrante, a Praça Bolivar é um dos locais mais emblemáticos de Bogotá. É um favorito entre os locais e turistas. Os visitantes mais famosos da praça, no entanto, são os pombos! Compre um pouco de milho de um dos vendedores caminhando pela praça se quiser vê-los alvoroçados.

bogotá turismo

EXPERIMENTE AS FRUTAS COLOMBIANAS

A Colômbia tem um monte de frutas que nunca vi antes. A maioria que tive oportunidade de provar foram em sucos ou picolés, mas elas são facilmente encontradas ao natural nas ruas e mercados. Algumas: Mangostim, um fruto  roxo que tem um centro branco que se parece com dente de alho. Lulo, uma das preferidas dos colombianos, é cheia de carocinhos e bem cítrica, mas gostosa. O zapote, é uma mistura de melão e manga e dentro tem fibras, como a manga gente está acostumado a comer no Brasil. Pitaya, igual a que temos, mas como não há em todas as regiões, pode ser que você ainda não conheça. Experimente!

APRECIE A CULTURA DO CAFÉ

A Colômbia não é apenas grande produtora de café, os moradores realmente amam o produto. O café de lá é fabuloso! Existem espaços charmosos por toda a cidade, o meu favorito sempre será o Juan Valdez, onde além do café, você pre-ci-sa tomar o milkshake deles (chama malteado). Sério, maravilhoso!!!

BOGOTÁ TURISMO

O QUE FAZER EM BOGOTÁ

LA CANDELARIA

O centro histórico La Candelaria é uma mistura de edifícios espanhóis e barrocos.Vale caminhar pela região, encontrar construções charmosinhas e entrar em algumas belas igrejas. 

→ Se você for fã de Narcos como eu, talvez se interesse em ver o cartaz original de recompensa por informações sobre ele que está no Museu de La Policia Nacional

pablo escobar narcos bogota

MONSERRATE

De todos os pontos da cidade você consegue ver o Monserrate. Um símbolo colombiano, dá vista panorâmica da cidade. Pode subir de funicular ou o teleférico até a montanha para passar um tempinho lá no alto. Dizem que o melhor horário é o fim da tarde.

cerro monsserrate bogota

ZONA ROSA E VIRREY

A Zona Rosa é uma região ao norte de Bogotá onde se concentram restaurantes, bares e baladas da cidade. Dentro da Zona Rosa está a Zona T, uma formação de duas ruas no formato da letra T que possuem diversos bares e não há circulação de carros. É perfeito para curtir a noite!

Coladinho está o Parque El Virrey, cheio de áreas verdes e ciclovias. Foi onde nos hospedamos e é uma delicia caminhar pela região.

NOVEMBRO 2017 → USD 1 = 2.750 COPS

DICAS DE BARES E RESTAURANTES EM BOGOTÁ

A primeira impressão ao chegar na Zona T é que tinha escolhido o destino certo. Era Halloween e a quantidade de jovens, crianças e famílias fantasiados nas ruas me surpreendeu. Depois vi que não era só em razão da data comemorativa. Eles são animados mesmo e a região é repleta de bares, restaurantes e lojas lindas. Demais!zona rosa bogotá

ANDRES CARNES

Imperdível, é mais que um restaurante, é uma experiência. A unidade mais famosa fica longe da cidade, nossa ideia era ir até lá, mas achei o táxi caréeeesimo (R$120 cada trecho). Fui conhecer o Andres D.C que fica bem na Zona T, muito próximo ao hotel B3 e achei suficiente.

Diferente de tudo que você já viu, tem uma decoração autêntica inspirada na divina comédia de Dante d’agneri e divida em quatro andares (céu, terra, inferno e purgatório). O cardápio tem mais de 70 páginas e você pode ficar perdido. Eu gostei de tudo que pedi: Ceviche de Polvo, Lomo Vino Ajinoso (filet mignon) com papas criolas e cervejinha michelada. A conta deu 169 mil COPS | (Calle 82 # 11-75)

LA CEVICHERIA

É uma gracinha e foi altamente recomendado, a entrada estava ótima mas eu não fiz um bom pedido principal de ceviche. O garçom, vendo que eu não comi, perguntou se eu tinha gostado e eu falei que não, meio sem jeito. Imediatamente eles me ofereceram outro e eu achei isso muuuuuito bacana. Não aceitei porque fiquei com vergonha, mas recomendo demais pelo serviço e pelas avaliações que li!

BOGOTÁ BEER COMPANY

Cervejaria mais famosa da cidade. Você encontra pubs deles por todos os lados e sempre num ambiente muito agradável. O slogan é fofo: “La cervecería pequeña más grande de Bogotá”. As cervejas são ótimas e o público descontraído.

CREPES & WAFFLES

Excelente lugar. É uma rede popular na Colômbia. Serve saladas, pizzas, crepes, waffles e outras comidinhas, sempre lindamente decoradas. Preços ótimos, crepes divinos, mas o waffle de arequipe é de comer rezando. Vale a pena!

LA ESCALA NO HOTEL LA OPERA

Fica na Candelária. Não encontrei muitos restaurantes legais quando estive por lá e segui essa recomendação de uma amiga. Eu fui de massa e o namorado de ossobuco. O ambiente é lindo, mas a comida não estava incrível, apenas ok (conta 105 mil COPS). Depois passei por um pequeno restaurante chamado Carnívoros, que teria escolhido se tivesse visto antes (fica a dica para testarem).

BEBIDAS E COMIDINHASS TÍPICAS

Obleas: É super baratinho e você encontra em barraquinhas de rua pela candelária. São wafers bem fininhos recheados com arequipe (doce de leite). Tem como colocar mais recheios como frutas, geleias, granulado, mas eu optei por arequipe e coco. Ficou ótimo!

Arepas: é uma massa de pão feito com milho moído que vem como acompanhamento em muitas refeições.

Patacones: outro acompanhamento. É feita de pedaços de bananas verdes fritas. Se você for a Cartagena deixe pra comer lá, porque tem muito.

Cervejas: BBC (ótima), Club Colômbia (boa) e Aguila (ruinzinha).

DE LÁ PRA ONDE

Bogotá por si só vale a viagem, mas será perfeito se você puder combinar com Cartagena ou San Andrés. Animou??

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER:


Espero que tenham gostado! Se tiverem outras dicas ou dúvidas sobre Bogotá, não deixem de falar nos comentários. ;)


imagens

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO
↓↓↓↓
HOTEL PELO MELHOR PREÇO
ALUGUE SEU CARRO
MENOR PREÇO EM SEGURO VIAGEM
CHIP INTERNACIONAL ENTREGUE EM CASA

Lembrando que se você fizer sua reserva através dos links parceiros do blog, você paga o mesmo valor e nos incentiva a continuar publicando conteúdo gratuitamente.

You Might Also Like

27 Comments

  • Reply
    Renata Telles
    novembro 16, 2017 at 1:43 am

    Esse post foi providencial pq ano que vem to querendo conhecer a Colombia, muito bacana sua dicas, estava pensando mesmo em dormir 2 noites em Bogotá!! Tem muita coisa legal pra ver! valeuuu pelos toques!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      novembro 17, 2017 at 7:29 pm

      Vale muito a pena essa paradinha, porque dificilmente alguém sai do Brasil só pra visitar Bogotá, né? Eu gostei muito da Colômbia. Fiquei com vontade de conhecer San Andrés, Medellin e a zona cafeteira, que amo demais café!

  • Reply
    Luisa Coelho Netto Galiza
    novembro 17, 2017 at 1:11 pm

    Muito legal seu post! Eu que conheço Bogotá revivi minha viagem lendo o que escreveu e vendo suas fotos.. O relato está muito bom!!!

  • Reply
    Gabriela
    novembro 17, 2017 at 2:05 pm

    Já gostei de Bogotá, sempre penso em fazer um roteiro por Cartagena e San Andrés, mas não tinha pensado ainda em incluir Bogotá. Vc achou seguro por lá?

    • Reply
      Sthefania Memelli
      novembro 20, 2017 at 6:24 pm

      Nos bairros novos, muito. No centro histórico, tem meio que aquele perfil centro de cidade grande, a gente fica meio noiado sendo do Rio, mas não vi nada demais não!

  • Reply
    Julia
    novembro 19, 2017 at 10:34 pm

    Amei! Sempre ouvi dizer que vale muito a pena conhecer Bogotá, mas ainda não tive a oportunidade de vistar… na Colõmbia, só fui de passagem para Cartagena, mas me hospedei na Isla Baru! Na proxima ida quero conhecer Bogotá e San Andrés, será que dá certo esse roteiro?

    • Reply
      Sthefania Memelli
      novembro 20, 2017 at 6:25 pm

      Gostou de se hospedar na ilha? Fiquei doida pra fazer isso, mas me deu medo de ficar entediada. Fui e voltei. Bogotá e San Andres encaixa perfeitinho

  • Reply
    nicole
    novembro 20, 2017 at 6:21 pm

    sou uma dessas pessoas que foi a cartagena e não foi a bogotá por pura burrice!! já vou colocar bogota na lista para matar a saudade das arepas e patacones hahahahah… adorei as dicas!!!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      novembro 20, 2017 at 6:26 pm

      Gostei mais dos patacones que das arepas! haahaha Eu tinha feito uma conexão em Bogotá uma vez e fiquei com vontade de conhecer, por isso esse pit stop dessa vez

  • Reply
    Raquel Alice
    novembro 20, 2017 at 7:52 pm

    Primeiro quero te parabenizar pelas fotos, eu amei, principalmente a primeira com os pombos!
    Arrasou nas dicas e com certeza, quando eu for a Bogotá, vou seguir suas dicas, principalmente a do mercado com artesanatos 🙂

  • Reply
    Caroline Rivera
    novembro 22, 2017 at 12:44 am

    Oiiii, amei seu post.
    Essa dica da tomada é top, passei um perregue nos EUA e acabei tendo que comprar um adptador a 20 dólares, mega triste.

    Esse museu do ouro parece mara!

    A Wayuu a 100 mil cops dá mais ou menos quantos reais? heheheh eu sempre quis uma.

    E que maldade esse waffle, eu sou viciada e esse tava com uma cara linda.

    Beijos.

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 7, 2018 at 12:37 pm

      Eu também não tinha adaptador até a pouco tempo. Melhor coisa é levar, que pelo menos não tem susto com o gasto!

  • Reply
    Viviane Oliveira
    novembro 22, 2017 at 2:49 am

    Ameiiii as dicas, Bogotá nunca foi uma das cidades prioritárias na minha lista de desejos, mas vou rever isto rs.
    Não sabia que Mangostim era uma fruta dessa região, é difícil achar aqui em BH, mas eu amo. sempre que encontro, tenho que comprar.

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 7, 2018 at 12:38 pm

      Bogotá tem seus encantos desconhecidos, principalmente à noite!

  • Reply
    Tiago Belmont
    novembro 22, 2017 at 5:11 pm

    Fui a Bogotá a pouco tempo e adorei seu post, deu para relembrar à cidade… saudades das Obleas e do Crepes & Wafes… uma pena que não conheci tão bem a Zona T e nem fui lá a noite, mas vendo seu post já fico na vontade e quando passar novamente pela cidade vou me hospedar por lá para curtir melhor a noite. Obrigado pelas dicas 😉

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 7, 2018 at 12:39 pm

      Foi a segunda vez que passei por Bogotá. Na primeira aconteceu a mesma coisa que você, fiquei só na Zona Turística

  • Reply
    Mariliza Domingos
    novembro 26, 2017 at 7:17 pm

    Conhecia bem pouquinho de Bogotá, agora já sei o que fazer quando for.. Eu sou dessas adoro conhecer culinária local, a frutas me deram água na boca com vontade de experimentar. .. Ahh Fiquei impressionada com as fotos dos pombos, quantos né?.. tinha visto de dar ração p peixes, mas não conhecia essa de dar milho para os pombos para ver alvoroçados rs.. Apesar de ter um pouco de medo, colocarei na lista a Praça para conhecer. Adorei as dicas de Bogotá. bjs

  • Reply
    Leonardo Dantas
    novembro 27, 2017 at 1:03 am

    O post ficou muito legal. Existe algum local que faça algum tipo de turismo baseado na história de Pablo Escobar? Adorei as dicas das frutas, sempre bom experimentar novos sabores. Da pra aproveitar os três dias muito bem 😉

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 7, 2018 at 12:40 pm

      Eu não vi, mas deve ter.. é um tema que está super em alta, não é mesmo? Eu adoro!

  • Reply
    Livia Zanon
    novembro 28, 2017 at 11:19 pm

    Meu deussss eu sou louca por uma bolsa artesanal dessa!!! kkkkkkkkk São mtooo lindas! Muito bom o post Sthe, curiosidades como o tipo da tomada do lugar são super importantes e úteis para nós, viajantes! 😀

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 7, 2018 at 12:41 pm

      Eu amo a minha Wayuu! Levo para todo canto, vale muito a pena!

  • Reply
    Elisee
    fevereiro 25, 2018 at 3:17 pm

    Oi Sthefania, que bacana esse post!!! Voce sabe que tem esse passeio novo, que é super bacana para entender toda a história recente da Colômbia dos ultimos 80 anos: como era Bogotá antes, o impacto de Escobar sobre os clichês atuais, a história do conflito como as FARCs, o processo de paz, e, algo super original, tem historias sobre Heroes colombianos que merecem ser mais famosos do que o villano, … tudo isso com degustação de 8 sabores locais e frutas: https://heroestourbogota.com,
    Elisée

    • Reply
      Sthefania Memelli
      março 7, 2018 at 12:43 pm

      Ei Elisée!!! Adorei a sua dica!! Certamente vou conhecer quando voltar a Bogotá!

  • Reply
    Karlla Rezende
    julho 9, 2018 at 3:41 pm

    Ei Sthe, qual seria o roteiro ideal para conhecer San Andrea, Cartagena e Bogotá? Dez/Jan é uma época boa?

  • Vamos trocar uma ideia? Comente!

    %d blogueiros gostam disto: