AMÉRICAS ESTADOS UNIDOS ORGANIZANDO VIAGEM

Visto Negado: também acontece com blogueira de viagem

visto negado

Sabe aquele sonho de tirar foto com o Mickey, ver a estátua da liberdade e caminhar pelo Central Park? Nunca tive. Por isso, nunca havia solicitado visto americano.

Uns chopps duas semanas atrás, um voo direto para New York saindo do Rio e a oportunidade de aproveitar um feriado em novembro mudaram o rumo da história. Decidi finalmente colocar meus pezinhos na terra do Tio Sam.

Pesquisei bastante o assunto, segui um passo a passo super bem explicado para preencher o formulário e agendei as entrevistas.

Serena o tempo todo, afinal: tenho emprego fixo, passaporte carimbado em muitos países, nenhuma treta com a justiça e estou cursando pós-graduação aqui no Brasil. Por que diabos eu ia ter algum problema com um feriadinho ali nos states?

No dia da entrevista já não gostei nada do ambiente hostil que encontrei.  Pensei que seria uma coisa reservada, mas é praticamente um mercado de peixe: todo mundo em pé num balcão onde se ouve a entrevista (e o resultado) de todo mundo. Quando chgou a minha vez, o cônsul fez as seguintes perguntas:

Consul: Bom dia, tudo bem?

Eu: Bom dia, tudo.

Consul: Faz o que aqui?

Eu: Trabalho e estudo.

Consul: Onde trabalha?

Eu: No Ministério Público do RJ.

Consul: faz quanto tempo?

Eu: 5 anos

Consul: Quanto ganha?

Eu: X reais, tenho os comprovantes e meu IR.

Consul: Ok (não quis ver nada)

Consul: o que exatamente você faz lá ?

Eu: expliquei tudo sobre o meu trabalho.

Consul: ok.

Consul: Já viajou para fora do país?

Eu: sim, várias vezes. 

Consul: quem pagou por essas viagens? (analisando as datas das viagens minuciosamente)

Eu: Eu, mas a última foi convite do Ministério do Turismo.

Consul: por que?

Eu: também escrevo sobre experiências de viagem para o meu blog.

Consul: estou vendo aqui que você não nasceu no Rio, tem o hábito se se mudar?

Eu: me mudei apenas uma vez na infância com meus pais.

Consul: Mora com quem?

Eu: minha mãe.

Consul: Idade de dela?

Eu: x anos

Consul: você tem alguma formação?

Eu: cursei Direito e agora estou fazendo uma pós graduação em marketing.

Consul: OK. (Pausa de muitos minutos  escrevendo no computador em silêncio).

Consul: Seu visto não foi concedido porque não estou convencido dos seus vínculos com o Brasil. (Me devolveu meu passaporte)

Eu: posso apresentar meus comprovantes?

Consul: não, nada me fará mudar de ideia. (E fez um tchau com a mão sorrindo ironicamente)

 

Fiquei arrasada. Meu queixo caiu na hora. Ele não fez uma única pergunta sobre a viagem, nem data, nem o meu propósito. NADA.

Ou seja: o cara tem o poder de decidir se você vai ou não simplesmente por uma questão de empatia. Porque eu, sinceramente, não vejo uma razão objetiva.

Estou contando isso para vocês verem que pode dar errado para qualquer um, achei que eu tinha os requisitos, mas é subjetivo. Por outro lado, conheço pessoas desempregadas que conseguiram o visto sem dificuldades.

 


ATUALIZAÇÃO: fiz outra entrevista exatamente 15 dias depois dessa e consegui o visto. 

You Might Also Like

13 Comments

  • Reply
    Naná Coutinho
    setembro 19, 2016 at 12:13 am

    Gente! Que absurdo! Tô simplesmente chocada! Tem que fazer isso bombar nas redes! Babacas!

  • Reply
    Eduardo
    setembro 19, 2016 at 12:38 am

    Eu não consigo acreditar!!!!!!!!!!!! Parece pegadinha de 1 de abril!!! Queixo caído! Tenho muita vontade de visitar os EUA, mas, depois dessa, talvez nunca tente conseguir um visto. Arrogância em demasia. Não quero passar por isso, não.

  • Reply
    Ja
    setembro 19, 2016 at 1:18 am

    Nenhuma agência ou outros canais deveriam boicotar e desestimular a vompra de pacotes para esse destino. Eles com certeza sentiram falta de nosso dinheiro e aí nós que vamos dar tchau ironicamente o Brasileiri tem que ter mais auto estimo e dar bananas para ….

  • Reply
    Marcelo Teixeira
    setembro 19, 2016 at 1:24 am

    Pra você ver como as experiências são diferentes. Tirei meu visto em 2012, juntamente com minha esposa e um casal de amigos. Poucas perguntas e tudo certo. Ano passado, meus pais tiraram o visto juntamente com meu primo que estava desempregado na época. Acho que você levou para o lado pessoal a situação. Isso simplesmente acontece. Seu blog parece ser legal, mas confesso quee deu um pouco de preguiça quando fui ler sua mini-biografia e vi um signo… Odeio essa história de signos.

    • Reply
      Sthefania Memelli
      setembro 20, 2016 at 6:42 pm

      Claro que levei para o lado pessoal. É pessoal. Foi comigo!
      E se a história de signos te incomoda, sinto muito!
      Obrigada pela visita, mas fique confortável para não retornar!
      Abraços

  • Reply
    Eloah Cristina
    setembro 19, 2016 at 8:24 pm

    Estamos no mesmo time! Tentei a segunda vez pelo mesmo objetivo, não me aceitaram ainda assim. Azar o deles! Como você disse, tem mais de 200 países pra gente conhecer e viajar. Vou tentar um dia novamente? Muito provável que não, nunca fiz questão de conhecer o EUA e agora muito menos.

    • Reply
      Sthefania Memelli
      setembro 20, 2016 at 6:43 pm

      Eu agendei outra entrevista, mas confesso que mais por desencargo de consciência. Acho que vai dar no mesmo! :*

  • Reply
    Maria Clara
    setembro 20, 2016 at 2:18 am

    Não achei cansativo ler a palavra “sagitariana” foi bem rápido rsrsrs . Adoro td que você escreve! Mt descontraido, espirituosa!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      setembro 20, 2016 at 6:43 pm

      Né? As pessoas se incomodam muito com pequenas coisas!

  • Reply
    RG do mundo
    setembro 30, 2016 at 3:14 pm

    Poxa, não desiste não! Tem muita coisa incrível pra ver pelos EUA! Tb nunca tive o “sonho da disney”, assim como você… Minha tara sempre foi Europa… Mas depois de conhecer alguns lugares pelos EUA, posso garantir que vc vai amar!
    Eu tirei visto sozinha, solteira e tinha acabado de me formar em medicina, tinha 24 anos… Sem emprego fixo… Não me perguntaram NADA! Deu td certo! Vai dar certo pra vc… :))) vc pegou uma pessoa de mal com a vida, só isso… :/ Bjs Gabi Kühni

  • Reply
    Otávio
    novembro 7, 2016 at 1:50 pm

    Por mais que conseguistes o visto na segunda tentativa você acabou jogando dinheiro fora por simples falta de bom senso desse cidadão que estava brincando de Deus. Fico com muito receio de ir pra lá por ter que passar por essa humilhação.

  • Reply
    Lou
    setembro 10, 2017 at 11:05 pm

    Olá linda, acho que o Consul estava tendo um dia ruim. Infelizmente pessoas nestas posíções decidem sem nenhuma compaixão. Na minha opinião não havia motivos para seu visto ser negado . Mas no final deu certo e é isso o que importa! Agora a decisão é sua de ir ou não. É a primeira vez que entro aqui para ler seu blog e adorei suas dicas. Felicidades e feliz viagens pra você.

    • Reply
      Sthefania Memelli
      setembro 28, 2017 at 4:13 pm

      Acho que estava num dia ruim sim, falta de sorte minha. Graças a Deus depois deu certo, porque foi bem ruim na hora.
      Eu fui pra Nova York em Abril, adorei e estou voltando pros EUA pra ir a Miami em Novembro!
      Fui muito bem tratada lá, graças a Deus. volte sempre, ta? bjsbjs

    Leave a Reply