CROÁCIA EUROPA

Zagreb: vale a pena conhecer a capital da Croácia?

Jogando limpo: Zagreb não é a cidade mais interessante da Croácia, mas isso não significa que não valha a passada

Sem grandes atrações turísticas, ficou difícil para Zagreb competir com Dubrovnik, Split, Hvar, Zadar, Plitvice e outros tantos lugarzinhos charmosos do país. Vejamos pelo lado positivo: sem a obrigação bater cartão em uma série de pontos, o legal é focar em conhecer as pessoas nativas e o estilo de vida delas (quando a língua permitir).

Zagreb é uma cidade muito ampla e arborizada e o que lhe falta em pontos turísticos sobra em praças e jardins que nos convidam para passeios a pé. Um dia e uma noite são suficientes para conhecer tudo, ou mesmo dar uma descansada antes de seguir viagem.

→ Se você chegar na Croácia pelo Aeroporto de Zagreb, provavelmente seguirá para Plitvice e/ou litoral. 

LEIA TAMBÉM:
Como planejar sua viagem: Croácia
O paraíso tem nome: Plitvice

O QUE VER

A Igreja de São Marcos – com seu telhado pitoresco nas cores da bandeira croata – é a principal atração. Ela fica na parte alta da cidade (que não é muito alta na verdade). Há um funicular, mas subi a pé mesmo e foi bem tranquilo.

Ao redor da igreja está o edifício do Parlamento e também o Museum of Broken Relationships (ou Museu dos Relacionamentos Quebrados) é um pequeno museu que mostra histórias e objetos pessoais de pessoas comuns que tiveram seus relacionamentos em algum momento da vida desfeitos. As histórias são todas verídicas e contadas pelos próprios protagonistas e nem todas as relações são entre casais. Há o fim de amizades e relacionamentos familiares também.

Sinceramente? Eu não gostei. Não sei se foi por eu estar sofrendo de amor na época, ou por eu estar meio enjoada de museus, mas não achei nada interessante. Na terceira história eu já tinha cansado, mas… faz sucesso!

© Brokenships

Fora isso, há uma série de belas praças na parte baixa da cidade sempre rodeadas por prédios históricos. Estacionar na região central não é tarefa simples, procure um estacionamento e dê esse rolé a pé.

Passei por Zagreb vindo da Eslovênia e seguindo para o litoral croata de carro. Depois voltei a Zagreb de avião para seguir para Budapeste de trem. Quem entrou na Croácia por Dubrovnik e depois visitou outras cidades medievais, talvez goste de estar novamente uma cidade mais moderna. Há shoppings, lojas de grandes marcas e dizem que a vida noturna é muito boa em Zagreb, mas não tive a experiência para contar!

zagreb

Cerveja: 15kn
Almoço: 38kn
Água: 10kn
Museu: 30kn 
* 1 real = 2kn

ONDE FICAR

Hostel: O Chillout Hostel tem uma área de convivência excelente pra quem está sozinho, além de uma localização sensacional. Bem no centro, aos pés do pequeno funicular (R$42 a cama/compartilhado ou R$145 quarto duplo)

ConfortoArt Hotel Like é moderniho e bem localizado (R$294). O Hotel 9 é boutique gracinha com excelente custo-benefício bem próximo da região central (R$341).

Requinte: O Esplanade é tradicional (R$470), mas o Hotel Dubrovnik soa mais moderno e fica bem no miolo da cidade (R$400).

Um dos belos quartos do Hotel 9

Um dos belos quartos do Hotel 9

 

VEREDITO

Se você não tem tempo “sobrando” e não for obrigado a passar por lá por alguma razão, Zagreb é cortável. Gostei de conhecê-la, mas não é a cidade mais legal do mundo.

LEIA TAMBÉM:
Hvar, a ilha mais incrível da Croácia
Descubra a Caverna Azul e as (mais lindas) praias da Croácia
Eslovênia: um país compacto e surpreendente


images

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM CONOSCO

RESERVE SEU HOTEL ||  ALUGUE SEU CARRO
SEGURO VIAGEM  || CHIP INTERNACIONAL

Lembrando que se você fizer sua reserva através dos links parceiros do blog, você paga o mesmo valor e nos incentiva a continuar publicando conteúdo gratuitamente.

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply
    polyanna braga
    setembro 16, 2016 at 3:30 am

    Sthe! Curti muito teu post dessa cidade, bem preciso ao que realmente interessa!
    Adorei a parte da cotação da moeda que você colocou, ajuda muito quando pensamos em escolher um destino!
    Bjs

  • Reply
    O que fazer em Dubrovnik: a cidade medieval com praias paradisíacas - Sthe On The Road
    novembro 2, 2016 at 7:11 pm

    […] total da viagem foram 9 dias pela Croácia, começando por Zagreb, passando pelos Lagos Plitvice, Zadar, Split, Hvar e encerrando aqui em […]

  • Reply
    Primeira Eurotrip - roteiro e dicas - Sthe On The Road
    novembro 8, 2016 at 5:56 pm

    […]  CROÁCIA: 9 dias entre vários pontos: C) ZAGREB: 1 dia/1 noite (suficiente, a cidade não tem lá esses atrativos todos, mas é válido e serve de […]

  • Reply
    Primeira Eurotrip - roteiro e dicas - Sthe On The Road
    agosto 31, 2017 at 7:47 pm

    […]  CROÁCIA: 9 dias entre várias cidades: C) ZAGREB: 1 dia/1 noite (suficiente, a cidade não tem lá esses atrativos todos, mas é válido e serve de […]

  • Leave a Reply