AMÉRICAS PERU

O que fazer em Cusco: Maras Moray

maras moray

Quando a gente fala em Cusco todo mundo pensa só em Machu Picchu, certo?

Mas a região tem muito mais a oferecer, muito mesmo!

A cultura é muito rica e diferente do que estamos acostumados. Os Incas foram os habitantes originários e eram tão avançados em diversos ramos que impressionam até os dias de hoje.

Pesquisei o que fazer em Cusco e, apesar de não estar nos roteiros tradicionais, o primeiro escolhido foi o tour que inclui o sítio arqueológico de Moray e a salineira Maras.

Primeiro de tudo: existe um Boleto Turístico e não tem como fugir de comprar. Estudantes com carteirinha internacional pagam 70 soles pelo bilhete completo e os demais pagam 130 soles. Não é barato, mas esse ticket dá acesso a 16 atrações, entre sítios arqueológicos e museus. Vende na entrada de todos os parques, então não se preocupe com isso.

 MARAS MORAY

Chegando a Moray, fiquei impressionada com a beleza e complexidade do local. Super intrigante. Me perguntei imediatamente como foi feito e o que aquilo significava. Segundo o guia esses círculos eram terraços de experimentos agrícolas, onde testavam sementes e métodos de colheita. O interessante é que em cada círculo há variação de até um grau de temperatura.

Preferi perder uma parte da explicação porque queria fotografar com mais calma e o guia fala pra caramba. Apesar da minha vontade gritante, por questões de segurança e preservação, hoje em dia não é mais permitido descer até o centro, o mais perto que pude chegar é como está na foto acima. Pena!

moray

sítio arqueológico peru

A paisagem da estrada é super bonita também, com vista para grandes montanhas, plantações de grãos e rios. Apesar de ser fora da cidade, não dá para ficar muito entediado porque há muito o que ver.

A próxima parada é na Salineira de Maras, um espetáculo também muito curioso! Aqui tem que pagar, pois as salineiras não estão no circuito do boleto, mas é baratex, se não me engano 7 soles.

Nem só do mar vem o sal, você sabia? Eu não! No local há uma nascente de rio quente e salgado. Espertamente, os peruanos deram um jeitinho de explorar isso, criando sistemas de terraços para empoçar a água e permitir a extração do sal.

Dessa maneira criaram uma fonte de renda para famílias da região, que ficam com o valor dos ingressos e a venda do sal. Fora que o visu é realmente incrível!

salinera de maras

maras peru

Ainda tem uma paradinha rápida no povoado de Chinchero para entender um pouco mais sobre como é feito o artesanato local. Pensei que ia achar chato, mas foi muito interessante! Elas falam sobre o significado das roupas e cabelo que usam, além de explicarem como preparam a lã de alpaca e tingem com corantes naturais para preparar os casacos. É um trabalho todo manual, delicado e feito com muito carinho. Não sei como pode ser tão barato!

Prepare seu espírito consumista porque dá vontade de levar tudo para casa e você vai passar por mil feirinhas durante os dias que estiver por lá. Tudo é lindo e colorido, uma loucura!

Por volta das 14:30 o tour retorna para Cusco e dá tempo de almoçar com calma por lá.

Se você vai pra lá, não tenha dúvidas em incluir no seu roteiro!

artesanato peru


Este passeio foi o que eu mais gostei no Peru (fora Machu Picchu) e foi realizado em parceria com a Fabulous Tour. Super recomendo a empresa, que preparou da melhor forma possível toda uma programação pra mim enquanto eu estava no Brasil. Ideal para pessoas que preferem ir com tudo certo sem ter que pesquisar por lá. No site tem o preço de todos os passeios disponíveis.


images

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM CONOSCO

RESERVE SEU HOTEL ||  ALUGUE SEU CARRO
SEGURO VIAGEM  || CHIP INTERNACIONAL

Lembrando que se você fizer sua reserva através dos links parceiros do blog, você paga o mesmo valor e nos incentiva a continuar publicando conteúdo gratuitamente.

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply
    Malu
    julho 28, 2015 at 2:06 am

    Até agora querendo saber pq não fui com vc!
    Me inclua na próxima trip!

  • Reply
    Angie
    setembro 15, 2015 at 11:36 pm

    que lugar mara!!! nem sabia dessa salineira!

  • Reply
    Daniela Chacon
    janeiro 17, 2016 at 7:28 pm

    Que post organizado. Da ultima vez que fui não considerei o passeio, mas agora em fevereiro retorno e com certeza o farei! Este bilhete também inclui as passagens com os guias? Quando me ofereceram disseram que era somente a entrada de cada atração, acabei por não comprar.
    O blog é ótimo!
    Parabéns!
    Daniela Chacon

  • Reply
    Roteiro Machu Picchu | Post Índice - Sthe On The Road
    março 21, 2016 at 8:46 pm

    […] Maras e Moray (aqui) – é bem diferente e fora do circuito básico de turismo. A maioria dos roteiros nem menciona, mas foi o passeio que eu mais gostei fora as ruínas de Machu Picchu. […]

  • Reply
    O que fazer em Cusco: Vale Sagrado + Trem para Águas Callientes - Sthe On The Road
    janeiro 16, 2017 at 8:13 pm

    […] O que fazer em Cusco: Maras Moray […]

  • Leave a Reply