AMÉRICAS URUGUAI

Que tal um pulo no Uruguai?

Ah, o Uruguai…

Apesar de estar na moda, nosso vizinho tem uma pegada vintage, e é aí que mora seu charme.

Tenho uma relação especial com esse país, porque minha mala foi extraviada e eu virei hippie por 8 dias, porque foi minha primeira viagem internacional.

Fui a Montevidéu, Colônia del Sacramento e Punta del Este na mesma viagem e vou te dar 10 motivos, sem roteiro definido, para também ir até lá:

EM MONTEVIDÉU:

1) Assistir o pôr-do-sol na Rambla por volta das 21h

Afinal, não todo dia que temos essa sorte. A orla do Rio de la Plata (que mais parece mar), é chamada de rambla e recebe todos os dias os moradores e visitantes em clima nostálgico para apreciar essa maravilha da natureza, que é de tirar o fôlego!

2) Caminhar pelo Parque Rodo

É o Ibirapuera dos Uruguaios, são 43 hectares de árvores, lagos, parques esportivos, roda gigante. Há gente correndo, deitada, lendo, dormindo, e muita, mas muita gente tomando chimarrão. E sim, somos nós andando de pedalinho e estou pilotando, perigo!

3) Palácio do Legislativo

 

Ô prédio lindo, viu?? Olhando daí nem dá para perceber o quanto. E te contar mais uma: ele demorou 17 anos para ficar pronto. Tem visita guiada e é lá que estão a primeira constituição original e a ata da Declaração da Independência Uruguaia, imponente.

4) Cidade Vieja 

É o lado antigo da cidade, o centro histórico. Todas as construções são antigas, e a Puerta de la Ciudadela, antigo portão da cidade, reina imponente. Vale a pena explorar toda a região, que fica a beira do Rio de la Plata. E outra, para te lembrar que é apenas nostalgia e você não está no passado, tudo quanto é lugar tem wi-fi livre para te dar acesso à tecnologia.

5) Visita rápida ao Teatro Solis

É o terceiro teatro mais antigo da América do Sul, e o legal é que mantém a arquitetura clássica, tem visita guiada em Português (R$ 5,00) e é na Cidade Vieja, combinando a ida ao mercado em seguida.

6) Comer parrilla no Mercado del Puerto

Os hermanos que me perdoem, mas a parrilhada uruguaia não tem igual. Sonho com o rinones que comi lá até hoje. É feito numa espécie de churrasqueira gigante, mas deve ter um segredo, porque é diferente.

Claro que nem tudo é perfeito, os garçons vão fazer aqueeeeele inferno para te convencer a escolher o restô deles e tudo tem cheiro de fumaça, mas você tem que ir, nem que seja para dizer que não gostou. Imperdível!

7) Ir de Tênis para a Balada é super in

Ninguém nem vê, ninguém tá nem aí. Tá lindo, pode ir!

Até porque começa duas horas da manhã.

EM PUNTA:

8) La Mano

O monumento aos afogados (Monumento al Ahogado) é a escultura mais famosa de Punta del este e está localizada na Praia Brava. Mais conhecida como La Mano, foi feita em um concurso em 1982 pelo chileno Mario Irarrázabal para alertar os turistas sobre o perigo do afogamento nas águas fortes de punta.

O detalhe mais importante é: pareço estar meditando mas foi um parto tirar essa foto sem quase ninguém no fundo!

9) Casapueblo

Toda feita por Carlos Vilaró, a casa é ateliê, museu, casa do artista, loja, hotel e café. É possível visitar em qualquer hora do dia, mas o badalo é ao entardecer, onde os visitantes podem sentar-se no terraço e ouvir a gravação de um texto de Vilaró agradecendo pelo sol e sua existência por mais um dia (não tive esse prazer, fui pela manhã, snif).

A construção lembra Santorini, mas o artista faz referência ao pássaro conhecido no Brasil como joaõ-de-barro. Gostaria de voltar para me hospedar um dia

10) Conhecer Colônia del Sacramento

 

A cidade que parou no tempo foi tombada pela Unesco como Patrimônio Cultural e Natural Mundial e se parece com Paraty. O centro histórico é rico em restaurantes (na verdade, a cidade toda) e dá para conhecer tudo num dia só em um bate e volta ou seguir para Buenos Aires, que fica pertinho.

  • Hostel da Viagem: Che Lagarto
  • Meio de Locomoção: táxi no primeiro dia e depois alugamos carroAs fotografias estão misturadas entre minhas e da Alê, do www.mochilacameraacao.blogspot.com.br, minha grande parceira nessa viagem.
  • Pontos altos:

1) Me senti “a” milionária ao trocar meu dinheirinho 1 por 10!
2) É duro sobreviver a viagem toda sem mala, mas é possível, prometo que isso vai ser assunto para tópico próprio.
E aí, deu vontade de ir? Gostou? Compartilha pros amigos!
:*


Encontre e reserve seu hotel no Uruguai aqui pelo Blog. Somo afiliados Booking, recebemos uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso.

You Might Also Like

1 Comment

Leave a Reply