PRA PENSAR VAI POR MIM

Filmes que inspiram viagens

filmes que inspiram viagens

Muitas vezes, quando estamos assistindo a algum filme, o cenário é tão maravilhoso que saímos correndo para descobrir aonde fica assim que os créditos aparecem. Não, é?

Grande parte dos nossos sonhos de viagem vem dessas influências e as cenas costumam ficar na nossa cabeça para sempre. E nem sempre são histórias sobre viajantes, muitas vezes são os próprios moradores que nos fazem suspirar pelas mais variadas partes do globo terrestre.

Hoje, quero dividir com vocês os filmes que mais me inspiram a fazer as malas:

ENCONTROS E DESENCONTROS | TÓQUIO

O filme conta a história de Bob, um ator de sucesso que está em Tóquio para a gravação de um comercial e conhece Charlotte, que está em viagem acompanhando o marido fotógrafo.  O filme é uma deliciosa viagem turística ao Japão e pelas esquisitices dos japoneses. Tudo é real desde os bizarros programas de TV aos cenários.

Prédios enormes, quase amontoados, cheios de luzes piscando. A peculiaridade japonesa é tão fascinante que o choque cultural é visível nos personagens.

VICKY, CRISTINA, BARCELONA | BARCELONA

Duas amigas americanas de malas prontas para passar férias em Barcelona. Lá, ambas se apaixonam pelo mesmo homem, que tem uma história mal-acabada com sua ex-mulher.

Grande parte do filme foi gravado em cenas externas, que nos permitem passear pela charmosa cidade. O filme mostra desde a apresentação de guitarra espanhola até a arquitetura de Gaudí deixando a gente ainda com mais vontade de conhecer a capital catalã, onde a história está em cada parte, mas, nem por isso, deixa de ser uma cidade jovem.

AMIZADE COLORIDA | NEW YORK

Só esse flash mob na Times Square já enlouquece!

Um flash mob é um grande grupo de pessoas que aparecem subitamente em um lugar público para realizar um ato incomum e, ao que parece, isso surgiu em NY. Como não amar?

A trama envolve Jamie (Mila Kunis)  uma jovem recrutadora de Nova York que convence um cliente em potencial Dylan(Justin Timberlake) a deixar seu emprego em Los Angeles para trás e aceitar um emprego na Big Apple. Durante o seu desenrolar, o casal circula por vários pontos apaixonantes da cidade que foram listados por esse site aqui (em inglês) e podem ser visitados por qualquer pessoa.

SE BEBER NÃO CASE 2 | BANGKOK

Esse quase todo mundo viu, certo?

Dessa vez Phil, Alan, Stu e Doug vão para a Tailândia. Juro que nunca me imaginei admirando o cenário de um filme de comédia, mas é impossível não se atentar para cenas super interessantes que mostram uma caótica – e mucho loka – Bangkok.

ANTES DO AMANHECER | VIENA

Ela francesa, ele americano. Eles se conhecem por acaso num trem europeu e a relação se torna estreita depois que ela decide descer em Viena para desfrutar a única noite que teriam juntos antes da partida dele. O filme nos presenteia com a jornada de um jovem e divertido casal pelas ruas de uma romântica Viena.

As sequências também apresentam belíssimos cenários: Antes do Entardecer em Paris e Antes da Meia noite na Grécia.

SOB O SOL DA TOSCANA | ITÁLIA

O filme é baseado em fatos reais. A personagem, Frances, é uma escritora americana que embarca em um tour pela Toscana após terminar um relacionamento. Do nada ela decide comprar uma propriedade por lá.

As cenas mostram partes maravilhosas da Itália: a cidade de Cortona e seus arredores. Florença, Montepulciano e Positano (mfoto de capa).

O mais incrível é saber que a Villa Bramasole é a casa real da escritora, que passa grande parte do verão lá, e através dela encontra a sua inspiração para escrever tantos livros sobre a Toscana.

ALÉM DA LIBERDADE | MYANMAR

A antiga Birmânia vira palco para uma história de amor pouco convencional. O filme é a história de uma mulher que se tornou um dos símbolos da luta pela liberdade nos tempos contemporâneos. Aung San Suu Kyi ganhou os holofotes da mídia ao receber o Prêmio Nobel da Paz, em 1991 e foi a inspiração para esse longa.

O filme serve de alerta para que o mundo se interessasse mais pelo do país e pelos problemas por lá vividos, mas, na minha opinião, não deixa de mostrar toda a beleza natural que existe por lá e uma cultura tão interessante.

Devido à situação política do Myanmar, até 2011, os líderes de oposição pediam que os turistas boicotassem o país. Não se desejava financiar um governo que massacrava seus cidadãos, mas a partir de então o turismo responsável foi incentivado.

*talvez esse não inspire a todos, mas quem leu esse post aqui sabe que eu sonho em conhecer esse destino há anos, por causa desse filme.

O FABULOSO DESTINO DE AMÉLIE POULAIN | PARIS

Um clássico das telonas e um dos meus filmes prediletos. Amélie nos apresenta uma Paris menos glamurosa, mas charmosíssima. É impossível não se apaixonar pelos detalhes que são apresentados.

O café aonde ela trabalha, o Des Deux Moulins, é real e se tornou ponto de peregrinação entre os amantes do filme.

MEIA NOITE EM PARIS

A cidade das Luzes rouba a cena neste filme. Logo na cena inicial são apresentados vários pontos maravilhosos da cidade, e isso se repete durante todo o longa.

O protagonista, um roteirista de sucesso em Hollywood, mas frustrado com seu emprego, vive em duas realidades. Durante o sia ele explora pontos conhecidos da cidade, como como os jardins de Monet e o Museu Rodin. Após a meia noite ele faz uma viagem no tempo e nos remete à uma capital francesa dos anos 20.

Por diversas vezes visualizamos s Torre Eiffel e a Champs Elysees, o que nos passa a sensação de que conhecemos Paris, ainda que nunca tenhamos pisado lá.

COMER, REZAR, AMAR | ROMA, ÍNDIA, BALI

Liz Gilbert virou a cabeça das pessoas com o seu livro, que posteriormente virou filme. Todos queriam tirar um ano sabático e passar uma longa temporada dividida entre Itália, Índia e Indonésia.

Pois bem, também senti isso. Em Roma, Liz aprende italiano enquanto se dedica aos prazeres da boa comida. Na Índia, faz um retiro espiritual meio sofrido, mas proveitoso. Em Bali, conhece personagens fascinantes, incluindo o brasileiro Felipe, com quem vem a ter um relacionamento. Nada mal, não é?

As imagens do filme são muito caprichadas, sobretudo a fase de Roma, mas Bali influenciou mais viajantes, que desembarcam dia após dia em busca do guru que mudou a vida de Liz. Seria o amor?

Ainda: Na Natureza Selvagem, On the Road, Wild, A Vida Secreta de Walter Mitty e, claro, A Praia.

E você, tem uma listinha de filmes que inspiram viagens? Conta aí!

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply
    Emille
    março 8, 2016 at 10:04 pm

    Qual é o filme da foto da capa desse post? 🙂

  • Reply
    26 Frases de viagem para usar nas suas legendas - Sthe On The Road
    outubro 5, 2016 at 11:37 pm

    […] LEIA TAMBÉM: Filmes que inspiram viagens […]

  • Reply
    Hotel em Puerto Iguazu: porque ficar na Argentina quando visitar as Cataratas - Sthe On The Road
    fevereiro 7, 2017 at 8:54 pm

    […] LEIA TAMBÉM: O que fazer em Foz do Iguaçu e região: o melhor roteiro para até 4 dias (passo a passo) Cataratas do Iguaçu: Lado Brasileiro e/ou Lado Argentino? 25 Frases de viagem para usar nas suas legendas Filmes que inspiram viagens […]

  • Leave a Reply