FOZ DO IGUAÇU PARANÁ PUERTO IGUAZU

O que fazer em Foz do Iguaçu e região: o melhor roteiro para até 4 dias (passo a passo)

o que fazer em foz do iguaçu

Quatro dias é o tempo ideal para curtir todas as atrações da região se você pretende atravessar as fronteiras do Paraguai e da Argentina. Se a ideia for ficar só em Foz, em três dias cabe tudo.

O momento é bom para viajar mais pelo Brasil e Foz do Iguaçu, se ainda não estiver, deve entrar na sua lista pra ontem! Não é a toa que é uma das cidades brasileiras mais visitadas por estrangeiros: além das Cataratas, ainda vem de brinde a possibilidade de conhecer Puerto Iguazú e Ciudad del Este, que estão coladinhas no Brasil formando tríplice fronteira.

Quando ir

O ano todo. A diferença é o volume de água das cataratas: no verão o volume d’água está em seu potencial máximo, mas costuma estar amarronzada. No inverno, elas ficam mais bem definidas e fotogênicas por conta do volume menor de chuva.

foz do iguaçu o que fazer

Cataratas em Novembro

Independente ou com pacote de passeios?

Depende do passeio. Foz é um destino fácil de se organizar. Para ficar totalmente independente, você pode reservar carro pela Rental, hotel pelo Booking e comprar os ingressos das atrações diretamente nos sites (ou na hora). Se não quiser dirigir, pode deixar os passeios para uma empresa como a Loumar, que vende todo tipo de ingressos, te pega e devolve no hotel.

Uma dica fresquinha para economizar até 50% é acompanhar o Ticket Loko, uma plataforma de promoções para quem vai viajar por conta própria e não quer abrir mão de bons produtos e ótimos preços. O Ticket Loko comercializa ingressos de atrações turísticas, shows e restaurantes com descontos exclusivos em Foz do Iguaçu. Os descontos são divulgados diariamente nas redes sociais e site, e os ingressos são entregues sem taxa no conforto do seu hotel!

foz do iguaçu pontos turísticos

Onde se hospedar?

Em Foz, a minha dica é ficar no Wyndhan. Foi o melhor custo benefício que encontrei, os quartos são grandes, com sala e cozinha. Ótima pedida para quem viaja em família | a partir de R$ 237/duplo)

Se gastronomia é importante para você e também pretende fazer o lado argentino com calma, considere (muito) passar uma ou duas noites em Puerto Iguazú, na Argentina. Para ser mais específica, considere ficar no Mercure Iguazu. É um hotel de selva super integrado ao ambiente e com uma área de lazer deliciosa para relaxar ao fim do dia. É bem pertinho, mas só encaixa para quem está de carro. | a partir de R$ 480/duplo.

Um bom esquema para quem não se importa de trocar de hotel é passar duas no Brasil e uma ou duas na Argentina. Foi o que fizemos e saiu perfeito.

Clique aqui para pesquisar todas as opções de hospedagem.

hotel puerto iguazu

Mercure Iguazu

O que fazer em Foz do Iguaçu e região:

CATARATAS LADO BRASILEIRO

O grande motivo da viagem. Quem vai a Foz quer ver Cataratas, certo? É realmente impressionante o volume e a força da água. O Parque Nacional do Iguaçu, localizado a 13km do centro da cidade de Foz do Iguaçu, é extremamente organizado. Para chegar, você pode alugar um carro, ir de táxi ou através do serviço de agências de turismo. Lá dentro o transporte é feito por ônibus e o pedaço a ser caminhado sobre as passarelas até as quedas tem apenas 1.200 metros, ou seja, o acesso é muito facilitado. Uma manhã ou tarde são suficientes para o passeio e há diversas lanchonetes, mas, se puder, aproveite para almoçar com vista para as Cataratas! | Visita R$ 36, almoço por volta de R$50 

foz do iguaçu cataratas

O ângulo mais tradicional das Cataratas é esse do lado brazuca

LEIA TAMBÉM: Cataratas do Iguaçu: lado brasileiro e/ou lado argentino?

parque das avesPARQUE DAS AVES

No Parque das Aves você vivenciará um contato direto com mais de 1320 aves. Difere um pouco de zoológicos tradicionais e é visível que o parque tem um cuidado e respeito enormes com os animais!

Cerca de 50% das aves são recuperadas de tráfico ilegal e recebem lá um abrigo, já que dificilmente se adaptariam ao habitat natural depois disso. Passeio super recomendado para crianças também.| R$ 36 para Brasileiros – vende meia entrada

 

SOBREVOO DE HELICÓPTERO

Imperdível! Voar de helicóptero já é uma experiência e tanto, mas a perspectiva das Cataratas vista do alto é surreal. Os 10 minutos não passam tão rápido quanto parece, dá para curtir bastante o momento e aproveitar a aventura. Os voos saem do heliponto que fica ao lado da entrada do parque, por ordem de chegada. Sem dúvidas, vale o investimento. | HeliSul R$ 420 em nov/16.

sobrevoo cataratas

ITAIPU BINACIONAL

A Usina Hidrelétrica de Itaipu é um dos projetos de engenharia mais ambiciosos do mundo. A maior geradora de energia limpa e renovável do planeta se tornou um dos atrativos turísticos mais importantes de Foz e recebe visitantes do mundo inteiro.

Itaipu Visita Panorâmica

itaipu visitaSão 2 opções: visita panorâmica, uma volta completa de ônibus turístico com explicações e paradas, e circuito especial, que além da visita panorâmica inclui uma visita ao interior da hidroelétrica. Pensei que seria um passeio sem graça, mas achei super interessante! Só de perto você consegue dimensionar a Usina. Outro passeio que não fiz, mas pareceu interessante foi o barco Kattamaram para assistir ao pôr do sol.| Pan: R$31 e 2h, Esp: R$74 e 2h30m. Ingressos no Site Oficial

TEMPLO BUDISTA

O templo é super bonito, mas não se pode adentrar muito. O que pude ver no seu interior foram cinco estátuas de Budas que representam a alegria, a sorte e a saúde. Legal para conhecer e tirar fotos, mas é dispensável para quem tem pouco tempo | Gratuito

templo budista foz

CATARATAS LADO ARGENTINO

Ahh, as cataratas argentinas. Confesso ter ficado com uma invejinha dos hermanos, pois gostei mais do lado de lá. A estrutura do parque é um pouco mais simples, o passeio exige um dia todo e as caminhadas são mais longas, mas em compensação você contempla cataratas menos lotadas e de diversos ângulos. Para chegar é o mesmo esquema, você pode alugar um carro, ir de táxi ou através do serviço de agências de turismo. Lá dentro o transporte é feito por trem com três paradas para seguir as trilhas em passarelas. O ponto alto é a Garganta do Diabo, a maior e mais majestosa de todas as quedas, de onde se pode sentir a grandiosidade dessa maravilha da natureza| R$ 62, mas só aceita pesos argentinos!

Veja aqui o nosso post explicando as diferenças, vantagens e desvantagens de cada lado das cataratas.

cataratas lado argentino

AVENTURA NÁUTICA/MACUCO SAFARI

Se olhar as Cataratas já é incrível, imagine tomar um banho nelas! Nesse passeio você sobe à bordo de um barco que dá literalmente um mergulho nas quedas e te proporciona o prazer de tomar um banho de cachoeira e sentir todo o poder das suas quedas. No lado argentino o passeio se chama Aventura Náutica e no lado brasileiro Macuco Safari.

macuco safari lado argentino

barco cataratas

Escolhemos o lado gringo porque era MUITO mais barato, teríamos mais tempo livre nesse dia e li diversos relatos de que era mais emocionante. Confirmo! Eu não imaginava que o barco ia lá dentro meeeeesmo, mas vai, e duas vezes. Pelo que vi do brasileiro é bem mais calminho. Não precisa reservar horário, é por ordem de chegada.| Aventura Náutica R$ 70 e Macuco Safari 198.

LEIA TAMBÉM: 
25 Frases de viagem para usar nas suas legendas
7 dicas para viajar com amigos (e voltar pra casa com a amizade)

COMPRAS

É uma tentação aproveitar para comprar umas muambas coisinhas por ali.

Duty Free Argentino
Fica estrategicamente instalado antes do controle de fronteira sentido Brasil-Argentina, então nem precisa atravessar para usufruir de umas compras sem taxas. Pela minha experiência com zonas francas, nem tudo compensa. Fique atento aos preços e faça a conversão, mas pelo imenso volume de visitantes, só podia estar sendo vantagem em relação ao Brasil.

Paraguai
Agora estamos falando em economia de verdade! Todo mundo sabe que o Paraguai é famoso como lugar de produtos falsificados, mas hoje em dia a coisa não é mais bem assim, principalmente em se tratando de artigos de luxo! Marcas de renome estão aportadas ali. Tenha em mente que a rua é suja, feiosa e caótica, mas nas grandes lojas você encontra outro mundo quando passa pela porta e preços extremamente melhores do que os nossos. Se for para comprar algo valioso vale o programa de índio.

Vale a pena destrinchar o assunto em post específico, mas já adianto que não recomendo ir independente para evitar aborrecimentos. Melhor atravessar com um serviço de agências de turismo. Apostei na Loumar Turismo e me senti segura.

Onde comer e beber

Em Puerto Iguazu: existem ótimos restaurantes, a maioria deles especializados em carnes bovinas, mas os pratos de frutos do mar que pedi foram muito felizes. A cidade é bem pequena e tudo está concentrado: La Rueda foi o melhor restaurante da viagem!  Amei o spaghetti al mare e a panqueca de doce de leite que provei (R$ 132 jantar + bebidas + sobremesa para duas pessoas). El Quincho de Tio Querido foi um restaurante altamente recomendado e foi lá que resolvemos pedir a famosa Parilla Argentina. A comida em si estava ok, mas o atendimento foi bem meia boca (R$ 178 almoço+ bebidas para dois).

Outro restaurante que não conheci, mas li boas recomendações foi o Aqva. Fora isso, há uma série de barzinhos super descolados para escolher e uma feirinha regional ótima para comprar alfajor a preço de banana e azeitonas recheadas deliciosas.

Em Foz: fiquei meio perdida na hora de comer em Foz, então aproveitei para visitar o premiado Madero, que fica num shopping, mas mantém a qualidade e o charme das casas de rua.

parque das aves foz

O que fazer em Foz do Iguaçu e região: sugestão de roteiros

ROTEIRO 1: ARGENTINA, BRASIL E PARAGUAI – 4 dias inteiros

Dia 1: Chegada normalmente meio dia, pegar o carro no aeroporto e seguir para a fronteira com a Argentina. Curtir a cidade/hotel + jantar (dorme em Puerto Iguazu)
Dia 2: Cataratas lado Argentino dia todo com Aventura Náutica + jantar (dorme em Puerto Iguazu)
Dia 3: Acordar cedo para voltar para o Brasil | ida ao Paraguai pela manhã + templo budista* + visita à Itaipu a tarde (dorme em Foz)
Dia 4: Parque das Aves + Cataratas lado brasileiro + Sobrevoo helicóptero (dorme em Foz/voo de volta)

ROTEIRO 2: SÓ BRASIL – 3 dias inteiros

Dia 1: Chegada + check in + curtir a cidade/hotel + jantar
Dia 2: Parque das Aves + Cataratas lado Brasileiro + Macuco/Sobrevoo + jantar
Dia 3: Ida ao Paraguai + Itaipu (dorme no Brasil) ou só Itaipu + voo de volta

→ Lembrando que, para ir ao Paraguai e à Argentina, basta apresentar o RG ou o passaporte.

Bora visitar esse incrível destino brasileiro? Deixe suas dúvidas aqui nos comentários!

Acompanhe as nossas viagem pelo @stheontheroad no instagram


images

CONTINUE PLANEJANDO SUA VIAGEM CONOSCO

RESERVE SEU HOTEL ||  ALUGUE SEU CARRO
SEGURO VIAGEM  || CHIP INTERNACIONAL

Lembrando que se você fizer sua reserva através dos links parceiros do blog, você paga o mesmo valor e nos incentiva a continuar publicando conteúdo gratuitamente.

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply
    Clara Azeredo
    dezembro 22, 2016 at 6:06 pm

    Sthe, agora que percebi que o passeio que você fez no lado argentino foi diferente do meu. Eu fiz o Gran Aventura, que é tipo o passeio VIP do Aventura Náutica. Ele é mais caro, mas em compensação a gente entrou 4 vezes embaixo das cataratas. Hahaha E concordo com você, gostei muito mais do lado argentino também!!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      dezembro 23, 2016 at 12:32 pm

      Então, eu não animei de fazer o Gran Aventura porque eles falaram que tinha uma parte de carro na selva e tal e a gente queria andar mesmo. Hahaha Tinha isso?

      • Reply
        Clara Azeredo
        dezembro 23, 2016 at 3:06 pm

        Isso mesmo Sthe! Na verdade a trilha é feita numa espécie de caminhão e vai todo mundo sentadinho com o guia explicando. É bacana pq passa dentro da selva, faz algumas paradas e tal… Só na volta que fizemos o Circuito Inferior a pé. Mas a partir do momento que entra na lancha, aí acredito que seja a mesma coisa, com a diferença que a gente entrou mais vezes nas quedas! Melhor sensação né?! Rs

  • Reply
    Cataratas do Iguaçu: Lado Brasileiro e/ou Lado Argentino? - Sthe On The Road
    dezembro 23, 2016 at 1:19 pm

    […] TAMBÉM: O que fazer em Foz do Iguaçu e região: o melhor roteiro para até 4 dias Hotel em Puerto Iguazu: vantagens de ficar na Argentina numa visita às Cataratas Hotel em Foz do […]

  • Reply
    Hotel em Puerto Iguazu: porque ficar na Argentina quando visitar as Cataratas - Sthe On The Road
    janeiro 24, 2017 at 11:10 pm

    […] TAMBÉM: O que fazer em Foz do Iguaçu e região: o melhor roteiro para até 4 dias (passo a passo) Cataratas do Iguaçu: Lado Brasileiro e/ou Lado Argentino? 25 Frases de viagem para usar nas suas […]

  • Leave a Reply