BRASIL LENÇÓIS MARANHENSES MARANHÃO

Lençóis Maranhenses: roteiro completo para a sua viagem

lençóis maranhenses

Sempre fui louca para conhecer os Lençóis Maranhenses, mas demorei um pouco a tirar essa viagem do papel. Isso porque eu queria que fosse tudo perfeito e vou te dizer com toda a certeza: foi um dos lugares mais lindos que eu já fui NO MUNDO!

Os Lençóis Maranhenses ocupam uma área gigante de aproximadamente 1.500 quilômetros quadrados. Dentro desse espaço está o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o maior parque de dunas da América do Sul, com mais 7 mil lagoas e rios formados pelas águas da chuva.

É até difícil explicar o quanto eu gostei dos Lençóis. As pessoas são muito receptivas, o clima ajuda e a natureza foi generosa. É perfeito e incomparável! Por isso vou dividir com vocês todo o necessário para planejar essa viagem: como chegar, quando ir, onde ficar e quais passeios fazer por lá.

+ Melhor época para visitar os Lençóis Maranhenses
+ 10 fotos para inspirar sua visita aos Lençóis

o que fazer nos lençóis maranhenses

Quem vai gostar dos Lençóis Maranhenses?

Pessoas que gostam de turismo de natureza, já que a programação é, basicamente, admirar e curtir as paisagens. É um destino muito peculiar, com um cenário que não se repete em nenhum outro lugar do mundo. Funciona bem tanto para casais, quanto para grupos de amigos e família, mas eu não levaria crianças muito pequenas ou pessoas com mobilidade reduzida, em razão das caminhadas na areia e da falta de sombra.

lençóis maranhenses o que fazer

Como chegar nos Lençóis Maranhenses?

O primeiro passo é comprar um voo para o aeroporto de São Luis, no Maranhão. De lá ainda é preciso pegar um translado para uma das cidades no entorno do Parque Nacional: Barreirinhas, Atins ou Santo Amaro. Essa viagem terrestre dura de 4 a 6 horas, a depender da cidade escolhida, e pode ser feita em transfer compartilhado ou privativo. Não acho que vale a pena alugar carro, pois só veículos autorizados entram no parque, então ele ficaria parado no hotel.

Veja horários dos transfers e barcos aqui.

Como são as dunas e lagoas?

Algumas lagoas são tão grandonas que você nem consegue ver o fim e outras tão pequenininhas que se tornam piscinas naturais. O Parque Nacional é gigantesco, maior que São Paulo. E o melhor e mais curioso: a areia é fria e a água quentinha. Quase um sonho!

No início da temporada é que as águas costumam ser cristalinas e em tom azul. À medida que as lagoas começam a secar, elas vão ficando mais escuras e em tom verde. Não é matemática exata, mas eu chuto que junho e julho são os meses mais certeiros para quem faz questão de ver tudo azulzinho.

lençóis maranhenses onde ficar

Como escolher a cidade ideal para se hospedar?

Colocando na balança seu estilo de viagem, seu tempo disponível e seu orçamento. As três cidades estão nos arredores do parque e todas têm lagoas lindas.

Se quiser entender melhor antes de decidir, leia o post com dicas de onde ficar nos Lençóis Maranhenses.

Barreirinhas é a cidade mais fácil para chegar, mais barata e com maior oferta de hotéis. São 4 horas de estrada saindo de São Luís. Se você não gosta de viagem que exige planejamento detalhado, melhor ficar por aqui mesmo, porque é beeem mais fácil. Por conta disso é que quase todo mundo vai pra lá. O lado bom é a facilidade, o lado ruim é encontrar mais turistas. Por lá eu recomendo a Pousada Encantes do Nordeste, que foi onde me hospedei. É uma graça, com farto café da manhã, piscina, muita área verde e ótimo custo-benefício.

pousada em barreirinhas
Encantes do Nordeste

Santo Amaro tem um clima rústico está começando a bombar só agora, porque o acesso era difícil até pouco tempo. Foi construída uma estrada asfaltada desde São Luís recentemente, o que coloca Santo Amaro. As pousadas e restaurante são bem simples por lá, na maioria familiares.

Atins é uma base mais exclusiva. Apesar de também ter um clima rústico, conta com mais pousadas e restaurantes que Santo Amaro. O lugarejo é todo de areia, super charmoso, mas isso dificulta um pouco para pessoas têm problema de locomoção e idosos. Para chegar lá, tem que pegar um barco em Barreirinhas ou contratar carro 4×4 em São Luís (eu fui de barco, fazendo um passeio). Me APAIXONEI por Atins e recomendo muito a experiência. Lá me hospedei e recomendo a Pousada Jurará, um encanto que fica na rua principal, próxima de tudo.

pousada em Atins
Pousada Jurará

Quantos dias ficar nos Lençóis Maranhenses?

Pelo menos 3 dias para fazer os passeios básicos, mas dá para ficar mais e até mesmo conjugar com outros destinos da Rota das Emoções, que engloba cidades do Piauí, Ceará e Maranhão. Saiba que o dia da chegada e da partida ficam prejudicados, já que metade deles vai ser dedicado ao deslocamento (pense nisso na hora de fazer o roteiro). Eu fiquei 5 dias e achei um tempo ótimo para quem vai fazer só Lençóis. Se você só tiver quatro dias, também dá certo a depender do horário do voo de chegada e partida, além dos passeios que você faz questão.

lençóis maranhenses o que fazer

Qual a melhor época para conhecer os Lençóis?

Entre junho e setembro é o melhor período, mas cada ano tem sua peculiaridade, a depender do volume de chuva. Em 2019, por exemplo, a temporada promete ser mais longa. Para saber detalhes leia o meu post sobre quando ir para os Lençóis Maranhenses.

O que fazer Lençóis Maranhenses?

Os meu roteiro foi todo organizado pela Caeté Expedições e os passeios foram privativos. Você também pode fazer dessa forma ou contratar passeios regulares com a empresa, caso prefira. Não é possível fazer passeios independentes nos Lençóis, já que apenas carros autorizados podem circular pelo Parque Nacional.

Apesar da Lagoa Bonita e a Lagoa Azul terem ficado mais famosas que as demais, existem milhares de lagoas na região, cada uma com sua beleza. É melhor não se prender muito a nomes de lagoas e procurar a mais bonita da época, já que elas são sazonais.

Além disso, eu sugiro fazer pelo menos um passeio pela manhã e um à tarde (não necessariamente no mesmo dia) para explorar diferentes perspectivas. Vou explicar abaixo sobre os passeios disponíveis na região e os que eu escolhi fazer:

o que fazer lençóis maranhenses

Nascer do Sol Circuito Lagoa Bonita ou Azul (Barreirinhas)

Esse passeio foi o mais fantástico de todos pra mim, pela experiência de ver o sol nascer no meio dos Lençóis. É preciso acordar cedo, pois ele sai às 03h40min para chegar ainda escuro no Parque Nacional. Após assistir ao espetáculo, teve tempo livre para curtir as lagoas e café da manhã. O retorno no hotel foi às 09hs, então ainda deu pra descansar durante o dia.

Circuito Lagoa Bonita (Barreirinhas)

Esse passeio tem saída regular às 14h e chega de volta na pousada por volta das 19h, depois de escurecer. Assim como ver o nascer do sol, ver ele se pôr no horizonte entre as dunas é lindíssimo. Antes, também dá tempo de curtir um banho nas lagoas quentinhas. O mais legal desse passeio é que na Lagoa Bonita você vai ter uma visão muito bonita de lagoas a perder de vista.

o que fazer nos lençóis maranhenses

Rio Preguiças de Barco (Saí de Barreirinhas e desci em Atins)

Eu não apostei tanto nesse passeio antes de ir, mas foi ótimo e agregou demais na viagem. É um passeio de barco de dia todo que faz três paradas. Uma em Vassouras, uma em Mandacarú e uma em Caburé.

Vassouras é onde estão os Pequenos Lençóis, umas lagoas muito gostosinhas em tom verde. Tem uma paisagem bonita com um parque eólico ao fundo. Tem um monte de macacos prego nas árvores e eles roubam comida, fique esperto!

Caburé é bem interessante. Fica no encontro no rio com o mar, tendo uma praia de rio de um lado e uma praia salgada do outro. É uma parada para almoço e os restaurantes são em estilo choupana, que contam também com redes para descanso. Eu gostei demais desse lugar, achei charmoso e relaxante. Além disso, foi legal variar o cenário e as experiências dos Lençóis.

passeio lencois maranhenses

A última parada é Mandacarú, um povoado onde você entende um pouco da vida dos moradores. Por lá tem um farol muito bonito e uma barraquinha onde vende a melhor caipirinha da vida, de carambola com limão. Foi a melhor oportunidade que encontrei de comprar artesanato em toda a viagem.

Quem está hospedado em Barreirinhas faz o passeio em forma de bate-volta. Como eu estava indo para Atins, o barco foi também um meio de transporte. Saí de Barreirinhas, fiz as paradas e segui para Atins, que fica muito próximo de Caburé.

passeio rio preguiças

Circuito Lagoas do Atins (Atins)

Esse é o passeio mais tradicional às lagoas de Atins. É um pouco diferente dos passeios de Barreirinhas, já que Atins é uma cidade de praia e é possível ver o mar durante o caminho. As Lagoas também são lindas e muito menos procuradas que as de Barreirinhas, proporcionando muita privacidade no passeio.

Um dos diferenciais é poder almoçar no famoso Canto do Atins, seja no restaurante da Dona Luzia, seja no restaurante do Seu Antônio. O camarão deles tem uma receita única e é dos deuses!

Também é possível fazer esse passeio saindo de Barreirinhas, apesar de ser bem mais longe.

Sobrevoo (Barreirinhas)

Eu imagino que seja inesquecível passar sobre os Lençóis Maranhenses de avião, mas é preciso um pouco de coragem (além do investimento). Se você é mais destemido e está com essa grana disponível, se jogue!


Os passeios do meu roteiro foram privativos e organizados pela Caetés Expedições. Entre em contato com eles pelo site (aqui) para solicitar um orçamento.

Onde Comer nos Lençóis Maranhenses

ONDE COMER EM BARREIRINHAS

Restaurante Bambaê: incrível esse lugar, tanto para ir de dia quanto para o jantar. Ele é bem grande e fica na beira do Rio Preguiças. Experimentei um bolinho incrível e o camarão no abacaxi, ambos deliciosos. Ele fica bem pertinho da Pousada Encantes do Nordeste, mas eles oferecem translado de carro sem custo. Foi o único restaurante que conheci, já que na outra noite pedi uma pizza no hotel, e foi tiro certeiro.

ONDE COMER EM ATINS

canto do atins

Seu Antonio: tem um camarão grelhado famoso e incrível. Fica no Canto do Atins e é ponto de parada para quem faz o passeio Lagoas do Atins pela manhã.

Urra Cervejaria: tem cerveja artesanal muito boa e uns petiscos interessantes pra quem gosta de bar.

La Pizza Napoletana: dizem ser uma pizza tradicional italiana muito boa, mas só abre na altíssima temporada. Infelizmente não peguei aberta, mas soube que o dono é italiano.

Maria do Mar: é um restaurante muito bonito, em estilo lounge, todo branquinho. Tinha tudo pra ser incrível, mas achei estranho a música eletrônica altíssima que tocava no local, que não vibe de balada. Fora isso, o hambúrguer que comi era muito bom e os drinks também.

Bons drinks: Bar.Co e  Restaurante do Rico são dois barzinhos bem legais para assistir o pôr do sol de frente para o mar em Atins.

O que vestir?

Tudo bem leve e muita roupa de banho. Faz um calor forte no Maranhão, exigindo o mínimo de roupa possível e muito protetor solar. Ao mesmo tempo, vale proteger a cabeça com bonés e as crianças com roupa UV. Todos os biquínis que levei nessa viagem são da marca Adoromar. Já uso a marca faz tempo e super indico!

O que comprar

Produtos artesanais, como chapéus de palha e bolsas, são baratos e muito bonitos. Comprei um chapéu por R$15 em Mandacaru e um mais elaborado por R$30 na feira de Barreirinha. Você também encontra geléias de frutas regionais e bebidas típicas bem legais.

Espero ter te animado a visitar esse paraíso em breve. Qualquer dúvida ou sugestão, deixe nos comentários!


+ Brasil no Blog:


 RESOLVA SUA VIAGEM AQUI NO BLOG

Pesquise Hotéis no Booking Seguro Viagem com menor preço 

Saia do Brasil com Chip 4G Cotação de carro na RentCars  

You Might Also Like

14 Comments

  • Reply
    Maiara
    julho 24, 2019 at 9:42 am

    Esse camarão grelhado de Atins realmente é sucesso! Concordo em gênero, número e grau quando você diz que os Lençóis são incríveis… Voltei de lá faz pouco tempo e ainda não superei a volta kkk

  • Reply
    Anna Claudia Rodrigues
    julho 29, 2019 at 2:41 pm

    Acompanhei toda essa viagem pelo Instagram e me apaixonei por Lençóis. Hoje é o destino nacional que mais quero conhecer! Já estou me programando para viajar no ano que vem e aproveitar a época ideal! Voltarei nesse post mais vezes para lembrar de todas as dicas!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      agosto 6, 2019 at 10:42 pm

      Sem dúvidas vale ir na data certa. Eu esperei muito porque queria que fosse perfeito. E foi!

  • Reply
    Danielle Miyoshi
    julho 29, 2019 at 8:32 pm

    Gostei muito de Lençois, talvez eu seja dessas que ama apreciar a paisagem 🙂
    Fiquei em Santo Amaro e acredito que, da próxima vez, ficaria em Barreirinhas para comprar as belezas naturais. Adorei as suas dicas de ir até Atins, coisa que não fiz, pois a logística não permitia.

    • Reply
      Sthefania Memelli
      agosto 6, 2019 at 10:43 pm

      Eu também sou team natureza. hahaha Mas de vez em quando a gente precisa variar um kdim, ne?

  • Reply
    grasitnmr
    julho 30, 2019 at 6:26 pm

    Parabéns pelo post! Muitas informações relevantes e fotos lindas! Eu sempre fiquei na dúvida sobre qual cidade é a ideal pra se hospedar e aqui consegui entender melhor. Assim como a questão de alugar carro ou não.

  • Reply
    Suzy Freitas
    julho 31, 2019 at 8:56 pm

    Eu adoro destinos contemplativos da natureza e amei visitar os Lençóis Maranhenses, uma das paisagens mais deslumbrantes que já vi. Como você disse, não é recomendável para pessoas com dificuldade de locomoção Lembro que fomos após meu marido ter operado o tornozelo e ele ainda estava com muletas. Acabou não podendo curtir muito a viagem. Mas eu e nossos filhos nos divertimos muito!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      agosto 6, 2019 at 10:44 pm

      Pois é, eu não tinha muita noção disso antes de ir. Precisa andar pela areia em muitos momentos, a pessoa tem que ir sabendo!

  • Reply
    Rayane Azevedo
    julho 31, 2019 at 10:19 pm

    Este artigo caiu como uma luva, Sthe!
    Estou planejando minha trip pelo Maranhão e é claro que vou incluir os Lençóis Maranhenses. Já favoritei e salvei. Me ajudou muito! Está completíssimo, parabéns!
    Beijão

  • Reply
    silvia carvalho
    julho 31, 2019 at 11:48 pm

    Meu Deus que coisa mais linda! Conhecer os Lençóis Maranhenses sempre foi um sonho, mas até agora não tive a oportunidade de visitar a região! As fotos são estonteantes (como você conseguiu tantas fotos sem ninguém ao fundo??) e a beleza do lugar indescritível! Adorei as dicas de como fazer a viagem para lá! Parabéns!

    • Reply
      Sthefania Memelli
      agosto 6, 2019 at 10:44 pm

      Dá pra tirar foto sozinha super! Só vc andar pra alguma lagoa que não tenha ninguém. São muitas!

  • Reply
    Igor Augusto
    agosto 5, 2019 at 12:25 am

    Tenho a impressão de que não só é um dos lugares mais LINDOS do mundo como também um dos mais ÚNICOS. A gente tá planejando uma viagem para os Lençóis Maranhenses no ano que vem, e esse post foi, sem dúvidas, de grande ajuda. Que lugar maravilhoso! Post completíssimo. Fazendo esse comentário para agradecer mesmo. Muito obrigado!

  • Reply
    25 frases sobre mar, praia, sol e sereia para usar nas suas legendas
    outubro 22, 2019 at 7:52 pm

    […] LEIA TAMBÉM: 25 Frases de viagem para usar nas suas legendasArraial do Cabo: o que fazer, onde ficar, onde comer e + dicas!Guia completo dos Lençóis Maranhenses […]

  • Vamos trocar uma ideia? Comente!

    %d blogueiros gostam disto: