ÁSIA CAMBOJA HOTÉIS

Song Saa: resort em ilha privativa dos sonhos no Camboja

Quando comecei a planejar minha viagem pelo Camboja, me deparei com muitas surpresas. Entre elas, praias e mais praias maravilhosas no litoral. O que eu não podia imaginar é que no país também existe uma ilha particular dos sonhos: o Song Saa Private Island.

Se você está procurando luxo num destino menos convencional, saiba que acabou de encontrar uma ótima opção. O Song Saa é um hotel dos sonhos, perfeito para lua de mel e viagens em família, que não perde me nada pra um hotel nas Maldivas.

Vou contar a vocês em detalhes sobre essa incrível experiência.

Song Saa camboja

Como chegar no hotel

Song Saa Private Island fica a 25 minutos de carro + 40 minutos de barco do Aeroporto Internacional de Sihanoukville, a maior cidade do litoral cambojano. Você consegue voar para lá a partir de diversas cidades asiáticas, incluindo Bangkok, Siem Reap e a capital do Camboja, Phnom Penh.

Assim que você chegar no aeroporto, um funcionário do hotel vai estar te esperando com uma plaquinha com seu nome e te encaminhará para o carro. O resort oferece transfer de ida e volta do aeroporto para o porto de Sihanoukville, e depois a lancha para o Song Saa Private Island gratuitamente.

Ou seja, você só precisa chegar a Sihanoukville, que daí por diante fica por conta deles.

song saa island

Como funciona o Song Saa

A ilha privada Song Sea é um verdadeiro paraíso na terra, bem escondidinho no Camboja. De longe, vindo pelo mar, parece apenas uma mata. Já pertinho que dá para ver as margens de areia da praia com palafitas saindo para o mar.

É um hotel extremamente exclusivo, já que a ilha é privada e não tem nada mais além do Song Saa. O resort opera tanto em sistema all inclusive e meia pensão (café da manhã e jantar), quanto apenas com a reserva dos quartos e refeições separadas, como fizemos.

O caminho para andar entre os bangalôs e restaurantes é todo verdinho assim

As vilas

Apesar de ocupar a ilha toda, o Song Saa conta com apenas 24 vilas. Essas vilas estão divididas da seguinte forma: jungle, sobre o mar e vista pro mar.

As vilas jungle e vista pro mar foram construídas em terra firme e possuem o mesmo layout, com a diferença de uma ter vista para a floresta e outra para o mar. Já as vilas sobre a água são aquelas palafitas icônicas estilo Maldivas, completamente construídas sobre o mar.

Em todos os tipos de vila há opções de 1 ou 2 quartos, mais uma vez comprovando que o Song Saa não é um hotel apenas para casais, recebendo famílias inteiras com conforto e privacidade.

Bem-vindos à nossa vila no Song Saa

Vila com vista para o mar

A nossa vila era do tipo 1 quatro com vista pro mar e a primeira impressão ao entrar nela foi: UAU!

O bom gosto salta aos olhos e dá para perceber que o tema pé na areia foi levado muito a sério, pois está presente em cada detalhe da decoração estilo eco-chique.

A vila é bem grande e tem um quarto espaçoso, com closet, mesa, cama e uma salinha de estar com sofá e televisão. Apesar de ter um mosquiteiro sobre a cama, não vi muitos mosquitos dentro do quarto, talvez seja a época.

quarto com closet ao fundo

A área externa tem mesa e cadeiras de um lado, um bangalô do outro, espreguiçadeiras na areia e uma belíssima piscina privativa de água salgada. Essa área é dos sonhos total!

Além da piscina privativa, o destaque do primeiro quarto fica com o banheiro, que tem uma parte ao ar livre, banheira e ducha com vista para o mar. Eu tenho uma verdadeira paixão por banheiros bonitos. Imaginem como me senti neste do Song Saa.

Tudo em perfeita harmonia com a belíssima madeira usada, os amenities de qualidade e toalhas felpudas que abraçam o corpo. Mais uma vez, os detalhes fazendo toda a diferença.

Vila sobre o mar

Eu fui conhecer as outras vilas do hotel e as palafitas sobre a água do mar realmente encantam bastante. A principal diferença, pra mim, é que a piscina tem borda infinita e uma escadinha com saída direta para o mar.

Essa da foto abaixo, com a piscina maior, é ideal para quem viaja em ou dois casais, já que conta com dois quartos.

bangalo sobre a agua camboja

Gastronomia

O Song Saa possui dois restaurantes principais, além de serviço de bar e petiscos na piscina. E, claro, o room service, porque também é uma delícia fazer alguma refeição na sua própria casinha de praia.

Vista Bar e Restaurante

O restaurante Vista é o principal e fica aberto para todas as refeições. Tem um ambiente muito bonito, pois é sobre o mar bem na ponta da ilha.

É lá que é servido o café da manhã, à la carte. De certa forma é bom, porque vem tudo fresquinho e evita o desperdício, mas eu sinto uma certa falta de ver aquela mesona e poder escolher o que quero. Rs

Numa das minhas noites, fomos tomar drinks no pôr do sol e jantamos no vista acompanhado de taças de vinho. Existem opções de comida local (Khmer) e também ocidental. Tudo pago à parte.

ilha privativa camboja Song Saa

Driftwood

Bem mais informal, é o restaurante pé na areia e com vista para o pôr do sol. Ele só não funciona de manhã cedinho. Fomos para curtir uma tacinha de vinho no pôr do sol e comemos uma pizza de frutos do mar também. (jantar aqui custa bem menos que no Vista).

Separe um fim de tarde para Driftwood, porque o astral da luz do sol caindo com fundo laranja é surreal.

Jantares Especiais (Destination Dining)

O hotel organiza jantares especiais em diversas partes da ilha para casais ou famílias. Eles mandam uma cartinha para o quarto sugerindo o local e o valor do menu do dia, mas você pode dizer onde prefere jantar também.

Enquanto estávamos lá, sugeriram um jantar na piscina por 75 dólares por pessoa, mas preferimos usar os restaurantes do hotel, já que não era uma viagem romântica e só tínhamos duas noites (uma para experimentar cada restaurante).

Vimos vários desses jantares especiais. Achei incrível!

Lazer/Atividades

Acho que não tem nada de errado em ir para um hotel desse porte e não querer fazer nada. Afinal, o quarto é dos sonhos e na área comum temos uma piscina incrível e uma praia privativa. Mas, de qualquer forma, o Song Saa oferece diversas atividades interessantes.

Snorkel

Snorkel ao redor da ilha está à disposição dos hóspedes sem custo. Vale a pena, porque a água tem ótima visibilidade, apesar de eu não ter visto vida marinha além de peixinhos. Você pega a máscara a hora que quiser com os funcionários.

Yoga Matinal

Também gratuito e imperdível é a yoga matinal. O professor é ótimo e você acompanha a aula mesmo sem ter muita experiência com a prática. Mas o melhor mesmo é o astral de acordar com aquele sol nascendo lindamente na água. Sério, o meu dia ficou tão leve…

Spa

O spa é grande e todo conceitual. Você é atendido primeiro numa área externa, onde escolhe o tipo de massagem que vai fazer, enquanto entra no clima relaxante entre a vegetação. Depois é levado a uma vila, onde o serviço é prestado em altíssimo padrão e encerra com um chá relaxante antes de deixar o espaço.

Praia

Tem uma faixa de areia onde fica uma prainha paradisíaca na ilha. O hotel decorou com espreguiçadeiras e guarda-sol super charmosos para curtir o espaço.

Uma das coisas que eu mais amei no Camboja foi a temperatura do mar. É muito agradável, porque não é gelada, mas também não é quente demais, por isso uma delícia para passar um bom tempo na água.

praia Camboja

Diversas outras atividades são oferecidas pelo hotel, para conferir, confira o site site www.songsaa.com.

Sustentabilidade e Projetos Sociais

Cada vez mais me interesso por essa tendência super positiva do turismo. É muito gratificante investir em um hotel que está preocupado com o ambiente onde está inserido e pude vivenciar essa atitude pessoalmente no Camboja.

Um dos passeios que fizemos no hotel, por exemplo, foi para conhecer o trabalho da fundação (Song Saa Fundation) junto à comunidade local. Conhecemos a vila de pescadores onde está sendo feito um duro e longo trabalho de conscientização sobre lixo.

Também visitamos a escola mantida pela fundação, que vem feito um trabalho tão bom, que as notas dos alunos superam a dos colégios da capital.

Outro fato interessante é que muito do que é usado na culinária é plantado lá mesmo e o peixe adquirido de pescadores locais. E muitos esforços são empreendidos na conservação da vida marinha.

Porque escolher esta ilha no Camboja?

Para sair do óbvio e viver uma experiência diferente de viagem. Estar num lugar totalmente exclusivo e com belezas únicas.

É um resort romântico, mas ao mesmo tempo muito família. Sua preocupação com o meio-ambiente e os cambojanos realmente nos envolve e faz acreditar no turismo sustentável. O Camboja é um país que sofreu muito e ver o turismo impulsionando o país é maravilhoso.

Essa viagem foi realmente muito especial e tenho certeza que conhecer o Song Saa foi um dos fatores importantes. A estrutura, o serviço, a sustentabilidade e a natureza impressionantes fazem do Song Saa um dos melhores hotéis do Camboja.

Recomendo ficar pelo menos 2 noites na ilha, mas se o orçamento permitir, fique 3 para garantir uma experiência mais completa e tranquila.

Acesse o site www.songsaa.com para reservar e saber mais sobre o hotel.

Se você preferir, reserve diretamente pelo Booking.com clicando aqui.

+ Leia também:

Acompanhe minhas viagens ao vivo pelo Instagram @stheontheroad


 RESOLVA SUA VIAGEM AQUI NO BLOG

Pesquise Hotéis no Booking Seguro Viagem com menor preço 

Saia do Brasil com Chip 4G Cotação de carro na RentCars  

You Might Also Like

No Comments

Vamos trocar uma ideia? Comente!