ÁFRICA SEYCHELLES

O que você precisa saber para conhecer as Ilhas Seychelles

Ilhas Seychelles

Verdadeiro paraíso, Seychelles é um destino que cada dia mais cai no gosto dos brasileiros.

As Ilhas Seychelles nem aparecem no mapa-múndi de tão pequeninas que são, mas são país independente e com o IDH mais alto do continente africano. O arquipélago é obrigatório na wish list de todo viajante e o melhor é que é um sonho que pode ser realizado facilmente. Veja abaixo uma lista de informações que você precisa saber antes de viajar para Seychelles:

Ilhas Seychelles:

As Seicheles ou Seychelles, oficialmente República das Seicheles ou Seychelles, são um país constituído por 115 ilhas distribuídas entre vários arquipélagos localizados a norte e nordeste de Madagáscar. Além de Madagáscar, os vizinhos mais próximos são as Maurícias, as Comores e Mayotte, e as Ilhas Gloriosas. A capital do país é Victoria.

o que fazer em Seychelles

foto: visiteseychelles.com

As três ilhas principais, chamadas Mahé, Praslin e La Digue, são as mais povoadas, com o maior oferta de hotéis, restaurantes e atividades, por isso, são as mais populares entre os viajantes. Algumas ilhas inabitadas são uma ótima opção para passar o dia, além de diversas ilhas exclusivas de hotéis, que oferecem uma viagem com mais privacidade e sofisticação, como a Felicité (Six Senses Zil Pasyon), Desroches (Four Seasons Resort), North Island, Silhouette Island (Hilton Seychelles Labriz), Denis Island, Fregate Island, entre outras.

Seychelles tem um terreno montanhoso, com encostas repletas de árvores, que contrastam com as águas cristalinas e areia branca das praias, formando um visual lindíssimo. Mas o destino vai muito além das praias paradisíacas e com paisagens inconfundíveis. Há incontáveis atrações e experiências para todos os gostos, diferentes viagens em um único roteiro e uma biodiversidade impressionante.

hotel seycheles

Credito Seet, Ken – Four Seasons

O que levar para Seychelles:

Apenas roupas leves , porque o clima tropical é quente, úmido e ensolarado. Leve na mala chapéus, roupa de banho, óculos escuros, protetor solar, uma câmera e um look casual para jantar à noite (calça e sapatos apropriados para os homens). Como há trilhas, o ideal é levar um tênis adequado para isso.

Lua de Mel:

Ótima opção, já que as Ilhas Seychelles têm na exclusividade uma de suas principais características. Os hotéis são maravilhosos e combinam perfeitamente com a proposta como o Maia Luxury Resort & Spa, Four Seasons Resort, Fregate Island Private e o chiquérrimo North Island Seychelles.

lua de mel seychelles

foto: visiteseychelles.com

Visto:

Não há necessidade de visto para entrada no país, apenas passaporte com validade de seis meses.

Vacina:

É obrigatória a apresentação do Certificado Internacional de Vacina Contra Febre Amarela, que precisa ser emitido com pelo menos 10 dias de antecedência, para que a vacina tenha tempo de fazer efeito.

Como chegar:

O aeroporto internacional de Seychelles fica localizado na ilha principal do destino, chamada Mahé. Ali é a porta de entrada de todos os voos internacionais. Ainda é possível chegar em Seychelles por vias marítimas, como barcos e cruzeiros.

Brasileiros geralmente chegam em Seychelles em voos da Emirates, Etihad e Ethiopian com suas respectivas escalas em Dubai, Abu Dhabi e Addis Ababa. Ainda há opção de voar pela Turkish Arlines (conexão em Istambul), Qatar Airways (conexão em Doha), South African Airways (conexão em Joanesburgo) e Air France (conexão em Paris). A Latam Airlines também voa até Joanesburgo e de lá é possível comprar um ticket da Air Seychelles.

foto: visiteseychelles.com

Deslocamento entre ilhas:

O deslocamento entre as ilhas é bem simples. Entre Mahé e Praslin, as ilhas maiores e principais, há um ferry de aproximadamente uma hora operado pela companhia Cat Cocos, com seis opções de horários todos os dias, ida e volta. É possível também fazer um voo curto de 15 minutos pela Air Seychelles, saindo do aeroporto internacional de Mahé até o aeroporto de Praslin.

Para as ilhas exclusivas, existem transfers de barco também ou de helicóptero, com a companhia Zil Air. Já para a ilha Desroches, que é mais afastada e faz parte do grupo de ilhas exteriores, há um voo de 35 minutos a partir do aeroporto internacional de Mahé.

foto: www.zilair.com

Transporte interno:

O transporte interno de cada ilha é diferente, dependendo de seu tamanho e características. Mahé e Praslin, por exemplo, têm um território muito maior do que suas vizinhas e os hotéis, praias e atrações ficam mais distantes. O ideal é utilizar táxis ou contratar serviços de transfers terrestres para visitar as ilhas. Há também ônibus públicos em Mahé que podem ser utilizados, com um terminal na capital Victoria.

Já La Digue é uma ilha pequena, onde não há carros. Todo o transporte é feito de bicicleta, a pé, carros de boi ou carrinhos de golfe para levar os viajantes aos hotéis. Também nas ilhas exclusivas, com bicicletas à disposição dos hóspedes e carrinhos de golfe para levá-los em diferentes partes do resort. Para quem está interessado em alugar um carro em Mahé ou Praslin, é importante lembrar que precisa de PID (permissão internacional para dirigir) e que em Seychelles é mão inglesa.

Fuso horário:

São 7h a mais que o brasil (GMT +4). Os visitantes conseguem aproveitar cerca de 12 horas de sol por dia ao longo do ano.

Moeda:

A moeda oficial do destino é a Rúpia de Seychelles. Para fazer o câmbio, leve dólar ou euro, porque o real provavelmente não será aceito. Outra opção é sacar Rúpias de Seychelles diretamente nos caixa eletrônicos dos maiores bancos de Mahé, Praslin e La Digue, além dos aeroportos das duas ilhas principais. Cartões de crédito Mastercard e Visa são bem aceitos nas ilhas.

foto: visiteseychelles.com

Línguas Oficiais:

Seychelles tem três línguas oficiais, porque foi colonizado por países europeus. Os seychellois falam inglês, francês e creole, facilitando bastante a comunicação com os turistas.

Clima:

Seychelles possui um clima quente o ano inteiro, com temperatura média entre 24ºC e 32ºC. Então não importa a época da viagem, a temperatura sempre será excelente para aproveitar as férias.

Gorjeta:

A maioria dos serviços já inclui uma taxa de 5% a 10%, assim a gorjeta não é obrigatória em Seychelles.

 

→ Se quiser ler a experiência de alguém que esteve na ilha, você pode conferir esses posts aqui da Amanda Viaja onde ela conta quanto custa a viagem e o que fazer em Seychelles.

 

+ DESTINOS PARADISÍACOS NO BLOG:
10 motivos para escolher Barbados como seu destino no Caribe
Bora conhecer o famoso mar de 7 cores de San Andrés, na Colômbia?
Como ir de Miami para as Bahamas num Mini Cruzeiro de 1 dia

*Texto baseado em informações fornecidas pela assessoria de imprensa do destino no Brasil e adaptado pela redatora.


imagens

PLANEJE SUA VIAGEM CONOSCO
↓↓↓↓

 

Fazendo suas reservas através dos links do blog, eu ganho comissão e continuo te dando dicas gratuitamente!

1 Comment

  • Reply
    Lua de Mel dos sonhos em Bora Bora - Sthe On The Road
    setembro 10, 2018 at 6:06 pm

    […] TAMBÉM:O que você precisa saber para conhecer as Ilhas Seychelles Bora conhecer o famoso mar de 7 cores de San Andrés, na Colômbia? Como planejar sua viagem: […]

  • Vamos trocar uma ideia? Comente!

    %d blogueiros gostam disto: